9 de jun de 2013

EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO




“A Educação, reproduz, assim, em seu plano próprio a estrutura dinâmica e o movimento dialético do processo histórico de produção do homem. Para o homem, produzir-se é conquistar-se, conquistar sua forma humana. A pedagogia é antropologia" (FREIRE, 1970).

Caros amigos do Mestrado e do Blog!

Exatamente há um ano, nós que formamos a oitava turma estávamos concluindo o primeiro semestre de aulas e preparando nossa confraternização e também um passeio, que acabou acontecendo no segundo semestre e selando a nossa parceria e sintonia. Para vocês da nona turma, desejo com carinho um final de semestre iluminado e abençoado pelo divino, que vai se manifestar maravilhosamente agora nas expressões culturais das nossas festas juninas. Como é bonito, a partir das Ciências da Religião, perceber a religiosidade do nosso povo, nas diversas tradições culturais deste mês de junho, nas devoções populares de Santo Antônio, São João e São Pedro. Que a alegria das nossas festas simbolizem a esperança de tempos mais justos para o nordestino, principalmente os que sofrem com o drama da seca.

Partilho com todos vocês dois envolvimentos meus neste começo de ano: o primeiro é a participação na equipe gestora da FAMASUL, Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul. Fui convidado pelo presidente da autarquia que administra a Faculdade, para ser vice-diretor da instituição, sendo assim adjunto do Professor Lourival, Mestre em Matemática, que assumiu a direção. A ideia era justamente essa, juntar um Matemático e um mestrando em Ciências da Religião. O desafio foi aceito, e cheio de contentamento quero compartilhar com vocês, colegas antigos e novos do Mestrado e com nossos professores, a satisfação de ajudar na formação acadêmica da Região da Mata Sul de Pernambuco, já que nossa Faculdade atinge mais de 40 municípios.

E já temos novidades: estamos formando um Grupo de Pesquisa para trabalhar sobre a questão da Religião na Mata Sul de Pernambuco e estamos nos preparando, com o apoio e a parceria da UNICAP, para oferecer uma Especialização em Ciências da Religião aqui na Faculdade. Ainda tem mais: a inclusão, no curso de História, da cadeira História das Religiões no Brasil, como componente curricular optativo. Celebramos também na Faculdade uma "Páscoa Ecumênica", uma celebração com todas as expressões religiosas que encontramos dentro da Faculdade e esperamos em breve realizar um Seminário no Departamento de História sobre a Persistência do Sagrado, um debate sobre a religião hoje, com os futuros historiadores e aberto às outras graduações.

Desejei partilhar tudo isso, pois é uma forma de agradecer à UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO, através do MESTRADO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO, a oportunidade de estar recebendo uma formação acadêmica transdisciplinar e dialogal e, ainda como estudante do Mestrado, já poder contribuir com a formação universitária dentro de uma região tão sofrida como a Zona da Mata. Acreditem, eu cresci e estou ajudando o meu povo a crescer como gente, também no que diz respeito à fé esclarecida. Testemunho que os estudos da religião têm muito o que colaborar para a educação, seja dentro das nossas tradições religiosas, seja no espaço público escolar.

A segunda novidade é justamente a formação de um Grupo de Pesquisa Juvenil, no Colégio Nossa Senhora de Lourdes, que pertence à Congregação das Irmãs Franciscanas do Bom Conselho, em Palmares. Esse grupo está sendo formado com alunos do ensino médio, aproximadamente uns 25 adolescentes, que irão se encontrar conosco uma vez por mês, para discutirmos temas relacionados a religiões e religiosidades. O grupo terá como objetivo desenvolver nos jovens o interesse pelo Pluralismo Religioso e ajudar a perceberem a importância do estudo das espiritualidades, a necessidade da tolerância religiosa, já que no grupo temos católicos, evangélicos, espíritas e até jovens que se dizem agnósticos. Uma realidade que nos dá esperança, na alegria de vermos jovens de vários credos reunidos na pesquisa sobre o universo do sagrado.

Conto com o apoio, a amizade e as "orações" de todos, para que tudo isso seja para a construção de um mundo mais justo e mais fraterno. Um mundo em que existam escolas tão humanizadas, onde se manifestem pedagogias tão humanas, que toquem no divino mistério da realidade!

Um abraço!

Sandro Lemos,
presbítero católico em Palmares, mestrando em Ciências da Religião.

Maia no blog:

4 comentários:

  1. eita, o povo dessas turmas do mestrado é tudo gente importante, né?
    vou me matricular aí, pra ver se decolo nessa vida!
    Saulo.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao padre Sandro e a todos os mestres e mestrandos desse Programa, que é um dos que mais se desenvolve na área de estudos da religião no país!
    Roberto.

    ResponderExcluir
  3. Caro Saulo, obrigado pelo comentário, realmente não posso negar que as OPORTUNIDADES se abriram mesmo desde que comecei o Mestrado. A seriedade do Curso, o respeito da UNICAP com certeza fazem a diferença e o esforço dos alunos também kkkk forte abraço. QUE O SAGRADO NOS ILUMINE.

    ResponderExcluir
  4. Caro Roberto ! obrigado pelo comentário. Acredito que precisamos nos esforçar no nosso dia a dia na construção de uma cultura de Paz, creio que esta construção começa pela PAZ ENTRE AS RELIGIÕES. Por isso, no meu trabalho como educador e no ministério que a Igreja me concedeu, procura viver o pluralismo religioso lutando por uma sociedade mais justa e fraterna, tendo como ponto de partida as RELIGIÕES. FORTE ABRAÇO. QUE O TOTALMENTE OUTRO NOS ILUMINE.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!