14 de fev de 2012

PROFESSOR CATÃO LANÇOU SITE



Sob muitos aspectos, na aldeia global, vivemos hoje momentos de grande interesse religioso. Muitas são as propostas de vida que, graças à era digital, circulam por todo o planeta. Atingem sobretudo os jovens. Jovens não só pela idade, mas todos que estão cada vez mais atentos ao que pode indicar caminhos para nos reencontrarmos a nós mesmos e construirmos um mundo de liberdade, de felicidade e de paz. Há o sentimento obscuro de que, como no passado, as religiões detêm as chaves desse mundo pelo qual todos aspiramos. A linguagem das religiões, porém, nos aparece ora completamente ultrapassada, ora, de tal maneira interesseira ou leviana, que tornam a fé ora inacessível, ora até mesmo derrisória.

A teologia atual tem consciência de ser uma linguagem da fé, como a filosofia se reconhece ser um discurso sobre a sabedoria. Essa distinção entre a fé e sua linguagem se tornou uma das chaves hermenêuticas fundamentais do discurso religioso em nossos dias. Quer saber de um lugar pra discutir essas questões? O Linguagem da Fé se quer tornar um pequeno laboratório em que se trabalha, na diversidade das linguagens de hoje, a fé que sempre norteou o ser humano na sua busca de sentido para a vida. Todos estão convidados para uma visita ao Linguagem da Fé, o site do Prof. Francisco Camil Catão, que é membro da SOTER, colaborou em Semanas Teológicas na UNICAP e foi professor de muita gente boa.

Francisco Catão (veja aqui o seu perfil na Revista Cult) é doutor em teologia pela Universidade de Strasbourg (França). Professor de Teologia Dogmática no Instituto Teológico Pio XI, Faculdade de Teologia do UNISAL em São Paulo. Ensina também na Faculdade de São Bento e foi membro do Conselho Editorial de Paulinas. Publicou várias obras, dentre as quais " Falar de Deus" e "A Trindade, uma aventura teológica" pelas Paulinas"; "Deus", em Martins Fontes e "Crer no Espírito Santo", na Editora Salesiana, além do "Minicurso de Teologia", série de 4 DVDs, produzidos pela Nato4Motion Vídeo Produtora.

Acesse aqui o site do Prof. Catão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!