23 de fev de 2012

MEU DOCE SENHOR



No final do ano passado o cineasta Martin Scorsese lançou um documentário sobre a vida de George Harrison (1943-2001), intitulado Living in the Material World: George Harrison, que está chegando ao Brasil. Como preparação pra se curtir a trajetória do artista e espiritualista que marcou a última década de 70, o nosso amigo Maurício Wanderley, síntese paradoxal de advogado e místico, sempre deslumbrado com o pluralismo religioso e com a possibilidade de sonhos iguais entre sons diferentes, enviou-nos o link pra esse concerto em sua homenagem. George Harrison foi o guitarrista dos Beatles. Ele se envolveu com a cultura indiana e o hinduísmo no meio dos anos 60, ajudando a disseminar, pelo Ocidente, o movimento Hare Krishna.

No trecho do show londrino que está no vídeo, Billy Preston canta um mantra espiritual de Harrison, My Sweet Lord, “Meu doce Senhor” (veja aqui letra e tradução). Na guitarra acústica, Eric Clapton; na guitarra elétrica, o filho de George Harrison, Dhani; ao piano, Paul McCartney; na primeira bateria, Ringo Star; na segunda bateria, Phill Collins, e na segunda guitarra elétrica, Tom Petty. Entre as vocalistas está Linda Eastman, esposa de Paul McCartney. Também estavam presentes Bob Dylan, Ravi Shankar, Jethro Tull e um número enorme de amigos e colegas dos Beatles, assim como todo o grupo 'The Cream' de Eric Clapton. No mínimo, uma nostalgia ou saudade do divino a gente sente - mesmo quando não compartilha da tradição de Harrison!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!