16 de ago de 2013

LANÇADO NÚCLEO DE ESTUDOS JOSÉ COMBLIN









Por ocasião da aula magna do semestre, neste 15 de agosto de 2013, o Mestrado em Ciências da Religião da UNICAP lançou, com as palavras (e o empenho) dos nossos Mestres Paulo César Pereira e Carlos Vieira, com um número de revista e um site na Internet, o Núcleo de Estudos José Comblin. Ele vai reunir na Universidade Católica de Pernambuco as pessoas interessadas na reflexão crítica sobre o pensamento desse grande teólogo e na reflexão sobre a missão cristã no mundo, tomando por base as ideias e o testemunho do Padre Comblin - que deixou na UNICAP não apenas a sua biblioteca, mas também muitos amigos, com a tarefa de continuar semeando uma espiritualidade libertária e compromissada.

Por isso, o Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da Católica de Pernambuco abre no “Grupo de Pesquisa Religiões, Identidades e Diálogos”, uma linha de pesquisa sobre o Pensamento de José Comblin. Esse Grupo, partindo da constatação da complexidade de performances do cenário religioso atual, propõe-se a analisar os deslocamentos religiosos atuais, dando ênfase às várias tentativas de configuração de diálogo inter-religioso, bem como às novas gramáticas constitutivas das identidades religiosas.

A partir de agora, com essa linha de pesquisa sobre o Pensamento do Padre Comblin, especial destaque se dará à colaboração da sua teologia e da sua história para a reflexão sobre as identidades e alteridades que as religiões promovem. José Comblin (1923-2011) é figura simbólica para muitos cristãos e cidadãos espalhados pelo mundo e, sobretudo, na América Latina e no Nordeste brasileiro. Um dos fundadores da Teologia da Libertação, com uma produção privilegiada, onde se contam centenas de artigos e mais de setenta livros. Comblin foi um apaixonado da causa libertária dos pobres, na perspectiva do seguimento de Jesus, o que abre perspectivas para reflexões sobre a identidade da fé cristã, como também sobre critérios para o diálogo inter-religioso.

Comblin tornou-se conhecido como missionário e profeta, famoso por incomodar e desinstalar, por denunciar o culto religioso e pregar a memória de Jesus Cristo, apontando as mazelas e armadilhas dos poderosos e das instituições, e, ao mesmo tempo, lembrando que a “esperança dos pobres vive”. Um intelectual de inteligência privilegiada, dotado de profunda erudição, o que sempre soube combinar com uma capacidade ímpar de clareza, simplicidade e força de testemunho. Como colaborar para que as novas gerações possam acessar o percurso intelectual de Comblin e se deixar sensibilizar pelo seu engajamento e pelas suas causas?

Foi essa a pergunta que fez surgir o Núcleo de Estudos José Comblin. Ele surge para encaminhar propostas como as seguintes:
1. Formar um grupo de estudos sobre José Comblin no Mestrado em Ciências da Religião, com encontros mensais e interação pela Internet, que deve gestar um projeto sistemático de pesquisa sobre e a partir do seu pensamento.
2. Promover Visita e Intercâmbio com o Memorial José Comblin em Santa Fé (primeiro semestre) e Semana Teológica em rodízio articulado entre o grupo da UNICAP e os grupos interessados em Comblin na UFPB e na Faculdade Católica de Fortaleza (segundo semestre).
3. Criar uma página na Internet sobre os grupos e atividades que estudam Comblin na região, focando e favorecendo o acesso à sua biblioteca na UNICAP, em parceria com o Instituto Humanitas da Universidade.
4. Catalogar os trabalhos publicados sobre o pensamento de Comblin e promover publicações acadêmicas sobre e a partir da sua obra.
5. Disponibilizar um laboratório de história, para digitalização dos arquivos pessoais de Comblin e o tratamento crítico do material, que deverá ser apresentado na Internet.

As reuniões do Núcleo acontecerão nos finais de tarde da última quarta-feira de cada mês, no Laboratório do Mestrado em Ciências da Religião, sala C1 do 7º andar do bloco G4 da UNICAP (informações pelo telefone (81) 2119-4022). Que esse trabalho de pesquisa e comunicação sobre Comblin inspire mais rigor acadêmico e maior compromisso profético nas Ciências da Religião da gente, em coerência com o mestre cujo pensamento pretendemos estudar melhor. E todos estão convidados para o mutirão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!