1 de ago de 2013

JUVENTUDE INTER-RELIGIOSA DO RIO



Vivemos em um mundo cada vez mais interdependente. Apesar disso, acompanhamos com tristeza muitos conflitos originados pela não aceitação das diferenças em várias partes do globo. No âmbito religioso, é inconcebível que, em pleno século XXI, ainda precisemos lembrar que todos devem ser livres para ter ou não crença religiosa, e, uma vez feita tal escolha, serem respeitados, seja ela qual for. Somos todos seres humanos, membros de uma mesma enorme família, habitamos o mesmo planeta e dependemos dos mesmos recursos naturais. Em outras palavras, temos responsabilidades uns para com os outros.

Assim sendo, nós, jovens judeus, católicos e muçulmanos, integrantes da Juventude Inter-Religiosa do Rio de Janeiro (JIRJ), reunidos no auditório Padre José Anchieta na PUC-Rio, em 21 de julho de 2013, com plena participação da sociedade civil, renovamos o nosso compromisso com a promoção do diálogo em todas as suas formas, e para isso afirmamos os seguintes princípios:

• Conhecer as atividades já existentes e realizar atividades sociais, educacionais e culturais em conjunto;
• Organização de uma pauta comum nos diversos meios sociais: encontrar as similaridades entre os indivíduos e crenças, para fortalecer a nossa luta e caminhada coletiva;
• Respeitar a dignidade da pessoa humana, abrindo o coração para acolher o outro;
• Agregar valores com o intuito de aproximar as diferentes religiões;
• Desconstruir estereótipos e combater qualquer forma de preconceito, discriminação e intolerância por meio de ações pontuais.

Acreditamos que tais medidas traduzem uma visão comum de valores básicos para uma convivência harmoniosa em qualquer sociedade. Dessa forma, rogamos a Deus, o Altíssimo, que nos auxilie a implementar tais princípios, e que eles sirvam de incentivo para que mais e mais pessoas, jovens ou não, se integrem a toda e qualquer ação que vise a promoção de uma cultura de paz e bem comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!