18 de jun de 2013

O SOPRO DO ESPÍRITO


Coloque o vídeo em tela inteira, aumente o som e relaxe na cadeira! Baraka (palavra que vem do sufismo muçulmano e significa fôlego ou espírito de vida) é um filme de 1992, sem narração ou diálogos, que foi realizado pelo cineasta americano Ron Fricke, com base em filmagens de diversos lugares do nosso planeta, onde o som ambiente revela-se um elemento fundamental, dando a esse documentário uma fineza estética e espiritual extraordinária. O filme, rodado em 32 países, trata da complexidade do mundo em que vivemos e procura exaltar a vida em todas as suas manifestações, abordando temas tão diversos como religião, ambiente, cultura e sociedade. Da religião dos povos ao seu comportamento social, das lindas cenas panorâmicas da natureza aos horrores da guerra, do ódio ao consumismo, o filme revela o quanto a humanidade está interligada, apesar das diferenças de religião e cultura dos povos.

O documentário mostra os rituais religiosos buscando harmonia com a natureza e os seus mistérios, a perdição e contradição humana nas sociedades frenéticas do mundo atual e a busca pelo espírito que, todavia, empreendemos em nossas manifestações culturais. Na primeira parte você verá: templos e santuários japoneses, rituais indígenas do Brasil, igreja do Santo Sepulcro em Israel, praça da Paz Celestial na China, cerimônias sagradas no rio Ganges na Índia, vulcões havaianos, Monte Everest no Nepal. E na segunda: eclipse solar, rituais de tribos africanas, Muro das Lamentações em Israel, Cordilheira do Himalaia no Nepal, Pirâmides do Egito, Guerreiros de Terracota na China, Ilhas Galápagos no Equador, Cidade da Morte no Egito e muito mais. Um documentário que nos faz sentir o fervilhar da vida existente em nosso mundo e obriga-nos a refletir sobre os desafios futuros que enfrentamos enquanto humanidade.

Mais no blog:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!