27 de jun de 2012

ESTUDANTE DO MESTRADO RECEBE PÁLIO

Dom Jaime Vieira Rocha foi escolhido como arcebispo de Natal (RN). Por estar assumindo uma Igreja importante para o catolicismo, vai receber o pálio das mãos do Papa Bento XVI, na Solenidade de São Pedro e São Paulo em Roma, no próximo dia 29. Pálio é um colarinho de lã, signo de distinção que era usado somente pelo Papa, mas, desde o século VI, em sinal de colegialidade, é entregue a todos os arcebispos metropolitanos. Dom Fernando, arcebispo do Recife, e o Padre Pedro Rubens, reitor da UNICAP e professor do nosso Mestrado, irão prestigiar a festa.

Depois de trabalhar em outras dioceses, Dom Jaime está voltando para Natal, onde como padre realizou variadas tarefas e foi reitor do Seminário Maior, coordenou as Comunidades Eclesiais de Base e também serviu junto às pastorais sociais. Além dos estudos eclesiásticos, ele é formado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e está concluindo agora o Mestrado em Ciências da Religião aqui na UNICAP, onde escreve uma dissertação sobre a ação social da Igreja no Nordeste (ele até diz em todo canto que é estudante da UNICAP, "com muito orgulho").

A lã que Dom Jaime trará de Roma, oferecida à Igreja por camponeses e abençoada no túmulo de São Pedro, pescador e companheiro do "Homão da Galileia", vai confirmar o engajamento da Igreja potiguar no cuidado com os que passam frio e necessidade - que é o sacrifício que agrada a Deus e ratifica a unidade com o Movimento de Jesus (segundo o Evangelho de Mateus 25,35). Parabéns do nosso Mestrado para as comunidades cristãs de Natal!

2 comentários:

  1. Diz o ditado: "É vivendo e aprendendo." De imediato quando li o título dessa postagem, pensei que o "Pálio", tratava-se de um veículo, e pensei comigo: Qual o motivo da premiação? Teria sido algum tipo de sorteio, ou até mesmo de alguma nota diferenciada? Porém, creio que essa minha ignorância, também tenha sido a de alguns outros leitores desse visitadíssimo blog. Gil Abçs.

    ResponderExcluir
  2. Há, há, há! A diversidade nos confronta e estimula, né? Só mesmo um protestante desavisado pra pensar que o "pálio" do arcebispo era um carro de algum sorteio romano!!! Piedade, minha Nossa Senhora!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!