16 de abr de 2012

O VATICANO II PERDEU A GUERRA?!



...
Às vésperas da Semana de Teologia da UNICAP, sobre os 50 anos do Vaticano II, tomamos conhecimento pelo professor do nosso Mestrado em Ciências da Religião, Newton Darwin Cabral, do Documentário "La guerre perdue du Vatican?", filme de uma hora e meia cujo trailer se vê acima (em francês) e cuja versão integral pode ser assistida aqui. Dirigido por Patrick Benquet, o documentário sobre o último grande Concílio Ecumênico convocado pela Igreja Católica é uma coprodução das Redes Alegria et France Télévisions, foi ao ar no dia 5 deste mês lá na França e tem provocado debates animados - inclusive no jornal cristão La-Croix. Dentre as cenas bonitas do filme, estão as da atuação destacada de Dom Helder e as do Encontro Inter-religioso de Assis.

O roteiro é mais ou menos este: eleito Papa em 1958, João XXIII vinha convencido de que a Igreja Católica estava ameaçada pelas mudanças que afetaram o mundo. Para dar uma chance à Igreja de voltar ao passo com a sociedade, ele anuncia um Concílio. Assim, de 1962 a 1965, os Padres conciliares discutem muitos temas, do papel das mulheres na Igreja ao celibato dos sacerdotes, da necessidade de um testemunho cristão comunitário em favor dos desprezados nos tempos modernos. O que devia marcar um início importante na reforma da instituição, desencadeia uma luta entre reformistas e conservadores. Meio século depois, só se pode notar o fracasso do Concílio Vaticano II, por ver como a Igreja se esconde sempre mais atrás da "tradição".

Mas então, o que você pensa: o Concílio está sendo mesmo derrotado?! Haveriam outros sinais e interpretações, a partir das periferias do mundo, das últimas comunidades cristãs?!

Veja também aqui tópicos comentados
 do documentário, pelo sociólogo católico Alder Júlio.

Mais no blog:
Comblin e o novo Concílio
Migração religiosa e nova religiosidade
Catolicismo plural
Saiba mais:
Veja aqui Programa Sem Fronteiras sobre Roubo de documentos e conflitos no Vaticano (2012)
Leia aqui Entrevista de Libânio sobre Neoconservadorismo na Igreja (2011)
Leia aqui Revista Continente especial sobre Dogma (2005, edição 55)

Um comentário:

  1. As pastorais sociais, comunidades eclesiais de base e o caminho ecumênico que o Concílio abriu são hoje opções minoritárias e quase marginais...

    http://www.brasildefato.com.br/node/10898

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!