12 de mar de 2012

CRISTIANISMO, SEGUNDO BOFF




No ultimo mês de setembro, esteve na Universidade Católica de Pernambuco, pela parceria da Editora Vozes com o Instituto Humanitas Unicap, o renomado escritor e teólogo Leonardo Boff. Ele lançou o seu ultimo livro, “Cristianismo: o mínimo do mínimo”. Desde que foi censurado por Roma e deixou a Ordem Franciscana, Boff se dedicou com paixão à eco-teologia. O novo trabalho, fruto fecundo desse diálogo com a integridade dos conhecimentos humanos, como disse, é “como se fora um canto de cisne”: depois de 50 anos de reflexão teológica e mais de 70 livros, ele expressa o “mínimo do mínimo” do cristianismo. Segundo Boff, esse livro parte de uma questão simples: como se insere o cristianismo dentro do processo da evolução do universo, que já possui pelo menos 13,7 bilhões de anos? Como ele revela Deus e como Deus se revela nele, pergunta o teólogo, lembrando que nem tudo o que vem sob o nome de cristianismo é cristão.

No vídeo, trecho da palestra de Leonardo Boff, 
editado pelo nosso Mestre em Ciências da Religião pela UNICAP, Luca Pacheco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!