28 de jan de 2012

MÍSTICA DE TAIZÉ



Você sabia que cristãos de diversas tradições fazem experiências de vida e oração em comum? Um grupo que promove esse ecumenismo, sobretudo com jovens de várias igrejas, é a Comunidade de Taizé (pronuncia-se têzê), uma fraternidade fundada em 1940 por um protestante, o Irmão Roger Schütz, no vilarejo francês de Taizé, mas que se espalhou pelo mundo todo. Em cada comunidade há protestantes, católicos, anglicanos e ortodoxos, que se dedicam ao trabalho manual e à meditação cristã, acolhendo grupos de jovens que são atraídos pelo jeito simples de rezar desses monges: eles cantam em cânone frases bíblicas ou versos de santos (como os de Teresa de Ávila, no audiovisual acima) e usam ícones orientais nas suas liturgias. Em muitos lugares, o pessoal faz caminhadas e acampa em torno das comunidades, compartlhando um pouco da sua vida.

A presença dos irmãos de Taizé no Brasil começou em 1966. A primeira fraternidade se estabeleceu em Olinda, PE, na diocese de Dom Helder Câmara, com quem Irmão Roger teceu laços de amizade e colaboração durante o Concílio Vaticano II. Em 1972, os irmãos se mudaram para Vitória, ES, para conhecer e animar a articulação das Comunidades de Base do Brasil e, em 1978, foram para Alagoinhas, BA, num bairro pobre da periferia, a convite do bispo local. Até 2009, quando faleceu, o Irmão Michel Bergmann foi o avivador desse grupo: doutor em sociologia, vivia uma presença gratuita e acolhedora entre os mais pobres, animou a construção de escolas e associação de moradores, foi grande conselheiro do povo e dos irmãos.

Em 2011 os Missionários Saletinos juntaram-se à fraternidade de Alagoinhas, na organização dos trabalhos comunitários e na preparação de retiros, sempre com a participação de jovens de diversas igrejas, em um ambiente singelo e muito tocante. Na UNICAP, o nosso professor e amigo Artur Peregrino organiza Jornadas da Confiança, em sintonia com o espírito ecumênico e belo de Taizé.

Saiba mais da mística de Taizé aqui.

Um comentário:

  1. Valeu Gil!
    Excelente essa matéria sobre Taizé. Obrigado pela citação que muito me honra junto a essa experiência. De fato, a matéria é um incentivo para continuarmos investindo nessa espiritualidade. Acho que ficou muito boa!
    Abraços,
    Artur

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!