8 de out de 2011

MIRCEA ELIADE PARA LER E VER

Mircea Eliade (Bucareste, 1907-Chicago, 1986) foi um professor, mitólogo e romancista romeno, naturalizado norte-americano. Fez parte do Círculo Eranos. Um dos fundadores da história moderna das religiões e grande estudioso dos mitos, elaborou uma visão comparada das religiões, encontrando relações de proximidade entre diferentes culturas e momentos históricos. No centro da experiência religiosa humana, Eliade situa a noção do Sagrado. Sua formação de historiador e filósofo levou-o ao estudo dos mitos, das visões, do misticismo e do êxtase.

Se você lê espanhol, pode baixar aqui vários livros de Mircea Eliade: Mito y realidad [Myth and Reality], 1963; Lo profano y lo sagrado [The Sacred and the Profane: The Nature of Religion], 1957 ; El mito del eterno retorno [Le mythe de I ‘éternel retour. Archétypes et répétition], 1949; Nacimiento y renacimiento: significado de la iniciación en la cultura humana [Rites and Symbols of Initiation: Birth and Rebirth], 1958; Yoga, inmortalidad y libertad [Le Yoga. Immortalité et liberté], 1954; Historia de las creencias y las ideas religiosas, 1976; Tratado de historia de las religiones [Traité d'histoire des religions], 1949...

Se você compreende francês, pode assistir aqui a um belo documentário (em 7 partes) com Mircea Eliade, sobre a redescoberta do sagrado: Mircea Eliade et la redécouverte du sacré, producteur: Paul Barba-Negra, commentateur: Pierre Vaneck ; musique originale: Gheorghe Zamfir, Océaniques, Paris: France Régions 3, Cluny Télé Films, 30/11/1987, 58min38s.

Veja também aqui no blog um livro de introdução ao pensamento de Mircea Eliade.

3 comentários:

  1. Lucy Pina Neta09 outubro, 2011

    Para quem domina melhor o português segue o link do 4shared com os livros disponíveis do Mircea Eliade: http://search.4shared.com/q/1/mircea%20eliade%20pdf?suggested

    ResponderExcluir
  2. há, há, há! beleza!
    eu queria ter uma correspondente assim, viu?
    merece um cheiro.

    ResponderExcluir
  3. Esse documentário em francês poderia ser traduzido para o português por alguem, de forma diletante. Já vi esse documentário mas como não consegui entender absolutamente nada...

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!