2 de nov de 2011

FLIPORTO, FREYRE E ORIENTALISMO


De Chopra (com a palestra "cura, transformação e consciência") a Signorelli (que vai falar sobre "Gandhi, um líder servidor"), passando por Frei Betto (puxando conversa sobre o processo de criação literária), quem se interessa por literatura e por orientalismo estará em Olinda nas próximas semanas. É que vamos acolher a VII Festa Literária Internacional de Pernambuco, de 11 a 15 de novembro próximo. Já em 2010, a "Fliporto" fez uma mudança estratégica, sendo realizada no Parque do Carmo, Olinda, Pernambuco, depois de cinco edições em Porto de Galinhas. A festa veio atrás de seu público, localizado, em sua maioria, no Recife, Olinda e Região Metropolitana. A tenda principal, do Congresso Literário, foi montada para receber 900 pessoas em ambiente climatizado. O tema da festa foi “Literatura e Presença Judaica no Mundo Ibero-Americano” e a autora homenageada foi Clarice Lispector, ucraniana-pernambucana-carioca que viveu parte de sua infância no Recife, tomando banhos de mar em Olinda.

A abertura contou com uma entrevista do jornalista Geneton Moraes Neto com a judia polonesa Eva Schloss, irmã de Anne Frank e que também viveu os horrores de um campo de concentração nazista. Outra mesa muito concorrida foi de Camile Paglia, escritora feminista que dividiu as atenções com Márcia Tiburi. O argentino-canadense Alberto Manguel chamou a atenção por sua biblioteca de 30 mil livros, mas destacou também a relação leitor-escritor, criação literária e outros assuntos. O encerramento se deu com uma apresentação teatral de Beth Goulart representando Clarice Lispector, muito aplaudida ao final. A mudança para Olinda mostrou seu acerto ao levar, durante os quatro dias de festa, um público de 60 mil pessoas, com um nível de aprovação de 95%. Entre os braços da festa destaque para a Fliporto Criança, Cine Fliporto, Fliporto Digital, a I Feira de Livros, e o Circuito Gastronômico, onde, além da participação dos restaurantes, montou-se uma cozinha-show de grande sucesso, com a participação de chefs conhecidos.

Em 2011, a Fliporto promete repetir o sucesso dos anos anteriores, com o tema “Viagem ao Oriente” e homenagem a Gilberto Freyre, sociólogo que realçou o sincretismo da cultura e religiosidade pernambucana - além de defender, em Sobrados e Mocambos, a ideia de que a cultura brasileira foi gerada a partir de uma matriz oriental de valores, hábitos e conceitos sobre o mundo. A abertura da Festa acontece em 11 de novembro, com uma palestra do indiano Deepak Chopra, prossegue com a participação de Derek Walcott, prêmio Nobel de Literatura de 1992, e o venezuelano Fernando Baéz. Entre os brasileiros confirmados, destaque para Fernando Morais, Marcos Vilaça e Ryoki Inoue, considerado por Alexandre Garcia (Rede Globo) como o Pelé da literatura, com mais de mil livros publicados, um recorde do Guiness Book. Para esse ano, chega a Fliporto Nova Geração, dedicada aos jovens, e a ECOFliporto com o tema “Pernambuco: Jardim dos Baobás”. Boa Fliporto 2011 para todos.

Saiba mais aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!