3 de set de 2010

RELIGIÃO, POR QUÊ?!


Cara e Coroa é um programa semanal da TV Brasil. Traz dois jornalistas - um jovem e outro da terceira idade - que tratam de temas de interesse público pela ótica do conflito de gerações. O “cara” é João Rocha Lima e o “coroa” é o veterano Milton Coelho da Graça. Eles viajam por grandes e pequenas cidades para captar o pensamento diversificado dos brasileiros sobre assuntos palpitantes. Perpassando as entrevistas populares, especialistas convidados analisam as contradições que afloram.

No programa desta terça (7 de setembro), a dupla de jornalistas visita o Norte-Nordeste. Nas cidades de Belém e Manaus procuram descobrir que religiões fazem a cabeça de jovens e idosos. E buscam saber quem expõe mais o seu sentimento religioso. O programa passeia por novas e antigas religiões e levanta as questões: por que as pessoas procuram as religiões? Os religiosos respeitam as pessoas sem fé? As pessoas sem fé respeitam os religiosos? O que as religiões têm de melhor?

O programa tembém passou pelo Recife, onde colheu o depoimento do professor Gilbraz Aragão, coordenador do Mestrado em Ciências da Religião da UNICAP. A conversa girou em torno da relação do brasileiro com a religião, das leis que protegem a liberdade de crença, de diversidade, tolerância e intolerância religiosa. Confira a emissão e deixe o seu comentário aqui no blog!
.
Cara e Coroa vai ao ar nesta terça, 20h, e é reprisado também no domingo, dia 12 de setembro, 18h30.
 Você pode assistir ao programa na retransmissora da TV Brasil do seu estado ou no canal 116 da TV a cabo,
 ou ainda diretamente aqui, na WebTVBrasil; ou aqui, na TVUaoVivo.

2 comentários:

  1. Eu tou muito surpresa com o nível de estudo e reflexão que se faz aqui no Recife sobre as religiões: e a Unicap presta um bom serviço a toda a região com esse mestrado, a ponto de um programa do sul passar aqui pra ouvir vocês. Parabéns e continuem firmes, que uma sociedade democrática e de direitos precisa de um serviço assim!
    Antônia Moraes,
    Assistente Social.

    ResponderExcluir
  2. O programa foi comentado no post Um cristão agnóstico:
    "... Com poucas palavras, muita maturidade, e muita sensibilidade, o Professor Gilbraz foi capaz de resumir tudo o que muitos cristãos liberais, tudo o que muitos unitaristas, têm dito há muito. É impossível, em minha experiência, desenvolver uma fé pensada, equilibrada, profunda, sem que se passe por momentos de crise e escuridão, momentos de descrença e, talvez, de desconstrução..." (Gibson da Costa).
    Veja mais no blog:
    http://cristianismoprogressista.blogspot.com/2010/09/um-cristao-agnostico.html

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!