26 de fev de 2009

A IMAGEM DE CRISTO


Universidade Católica de Pernambuco
Programa de Mestrado em Ciências da Religião

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO MESTRANDO
MARLON ANDERSON DE OLIVEIRA

TÍTULO
ESCULPINDO NA ALMA DO POVO A IMAGEM VIVA DE CRISTO: A AÇÃO DO PE. FRANCISCO GERAEDTS, S.C.J.

Dia: 30/03/2009, 14h30
Local: Auditório do bloco GIV - 3º andar

RESUMO
A proclamação da República, no Brasil, ocasionou mudanças na relação entre a Igreja e o Estado, dentre as quais a dissolução do Padroado. O Estado se outorgou laico, e a Igreja passou a ser uma instituição independente. Em consequência, a Igreja foi fortemente influenciada pelo movimento da romanização, caracterizado por um maior controle da Cúria Romana sobre a Igreja no Brasil. Ao mesmo tempo em se desenvolveu um catolicismo romanizado, expressões de fé e devoções populares, multiplicaram-se em diversas localidades do país, exigindo novos direcionamentos por parte da Igreja. Nesse contexto, foi marcante a atuação de algumas congregações, como a dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, de quem analisamos a ação pastoral desenvolvida por um de seus membros: o Pe. Francisco Geraedts. Com carisma, criatividade e dinamismo, ele realizou um trabalho diferenciado nas Paróquias de Colônia Leopoldina (AL) e Água Preta (PE). O incentivo às devoções e à arte, aliado ao seu espírito missionário, foram importantes elementos na ação desse sacerdote, que, até os dias atuais, para as pessoas daquelas comunidades, é considerado um santo popular.
Palavras-chave: Igreja, romanização, catolicismo popular, modelos eclesiais, carisma.

BANCA EXAMINADORA
Newton Darwin de Andrade Cabral, Orientador – UNICAP
Sérgio Sezino Douets Vasconcelos - UNICAP
Sylvana Maria Brandão de Aguiar - UFPE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!