24 de set de 2015

AGENDA - DEFESAS DE DISSERTAÇÕES - PROGRAMA CIÊNCIAS DA RELIGIÃO

UNICAP – PPG EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO – CURSO DE MESTRADO
DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE TERESA FELISMINA DE SOUZA
28 de setembro de 2015 – às 09h
Local: Anfiteatro – 3º andar do bloco G-4


O ENSINO RELIGIOSO NA ESCOLA PÚBLICA EM BOA VISTA:
UMA CONTRIBUIÇÃO EPISTEMOLÓGICA PARA A FORMAÇÃO
DO CIDADÃO E DA CIDADANIA




RESUMO: O estudo aborda questões relacionadas ao Ensino Religioso nas escolas públicas da cidade de Boa Vista, estado de Roraima, como uma contribuição epistemológica para a formação do cidadão e da cidadania, sobre a sua aceitação ou negação dentro do ambiente escolar. O Ensino Religioso é uma disciplina ainda pouco valorizada nas escolas; porém, a sua importância precisa ser compreendida de maneira mais eloquente, para que todos tenham conhecimento sobre a sua base e que valores e princípios podem trazer para a vida do cidadão.  A visão da sociedade sobre o papel do Ensino Religioso para os alunos é algo que necessita ser mudado, é preciso seu reconhecimento perante o conjunto de outras áreas de conhecimento como um saber de igual valor. Compreender a importância dos conteúdos trabalhados nesta disciplina possibilitará, tanto aos professores, quanto aos alunos e à sociedade aprofundarem-se em relação a cada momento abordado neste processo. Saber que a referida disciplina não tem o intuito de catequizar os alunos ou instruí-los a seguir determinada religião, que não é seu objetivo doutrinar qualquer pessoa, mas, sim, fortalecer uma formação mais integral da pessoa humana.

BANCA EXAMINADORA

Dr. Drance Elias da Silva – UNICAP (Orientador)
Dr. Luiz Carlos Luz Marques – UNICAP (Examinador interno)
Drª Aurenéa Maria de Oliveira – UFPE (Examinadora externa)




UNICAP – PPG EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO – CURSO DE MESTRADO
DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MARIA LÚCIA SILVA VIANA
28 de setembro de 2015 – às 14h 30
Local: Anfiteatro – 3º andar do bloco G-4


AULA DE RELIGIÃO PRÁ QUÊ?
PAPEL DO ENSINO RELIGIOSO EM ESCOLAS DE BOA VISTA - RORAIMA



RESUMO: Trata-se de um estudo de caso sobre a realidade da disciplina Ensino Religioso, tal como foi ministrada, entre 2014 e 2015, em duas escolas de Boa Vista, Roraima, uma da rede pública e outra do sistema particular de ensino, buscando oferecer subsídios para formulação de uma resposta equilibrada à pergunta que tantos envolvidos por esse Brasil a fora, alunos, pais, professores e gestores se fazem: “aula de religião, pra quê?”. Partiu-se da constatação que incluir a disciplina Ensino Religioso na grade curricular pode causar situações perturbadoras. Se é verdade que a Constituição brasileira, e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, o permitem, como garantir que os currículos assegurem o respeito à diversidade de credos e coíbam o proselitismo? Diante dos riscos, faz sentido oferecer a disciplina na rede pública? Buscou-se, então, através da aplicação de questionários anônimos, via Internet, a compreensão dos procedimentos metodológicos e recursos didáticos utilizados pelos docentes da disciplina de ensino religioso nas turmas estudadas, analisando as diferentes propostas do ensino religioso e identificando semelhanças e diferenças entre a abordagem docente dos sistemas público e particular das escolas estudadas, objtivando oferecer elementos para uma melhora do Ensino Religioso e para a implementação de mecanismos que possam minimizar os riscos do preconceito e do proselitismo.

BANCA EXAMINADORA

Dr. Luiz Carlos Luz Marques – UNICAP (Orientador)
Dr. Drance Elias da Silva – UNICAP (Examinador interno)
Drª Emanuela Sousa Ribeiro – UFPE (Examinadora externa)

UNICAP – PPG EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO – CURSO DE MESTRADO
DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MARIA CÉLIA LIRA DE LIMA
29 de setembro de 2015 – às 16h
Local: Anfiteatro – 3º andar do bloco G-4


MIGRAÇÃO DE FIÉIS DA IGREJA CATÓLICA PARA IGREJAS CRISTÃS
NO BAIRRO DR. SILVIO LEITE, EM BOA VISTA - RORAIMA


RESUMO: A mídia e o IBGE (2010) têm veiculado constantemente o surgimento de tantas novas Igrejas que são frutos do trânsito de fiéis de uma Igreja para outra segundo suas necessidades espirituais e conveniências psicoafetivas e sociais. Esta dissertação tem por tema a Migração de Fiéis da Igreja Católica para Igrejas Cristãs no Bairro Dr. Silvio Leite, em Boa Vista, Roraima. Tem como Objetivo Geral analisar os mecanismos psicossociais que provocam a mudança de fiéis da pertença católica para as mais diversas denominações religiosas cristãs, enquanto que os Objetivos Específicos procuram caracterizar os fatores psicoidentitários que motivam as pessoas a mudarem de religião; descrever os motivos que conduzem os católicos a migrarem para outras Igrejas e identificar, nos migrantes do catolicismo, os elementos de satisfação da nova pertença religiosa. A temática busca compreender os fatores que levam os católicos a apresentarem essa atitude de deixar sua religião tradicional batismal para se agregarem a outras. A partir dessa realidade que se elaborou o seguinte problema: por quais motivos acontece a migração religiosa de membros da Igreja católica para outras Igrejas cristãs? Com o intuito de obter respostas para a problemática, a metodologia utilizada foi a bibliográfica, com ênfase nos teóricos que se debruçam sobre o assunto, e para que houvesse um resultado mais conciso no recorte da pesquisa foi realizada a aplicação de um questionário misto, contendo vinte perguntas, entre as quais cinco foram abertas e quinze fechadas. O tamanho da amostra constou de cinquenta fiéis que aceitaram ser visitados e entrevistados. Quanto à faixa etária, procurou-se priorizar membros com maior idade, ou seja, a partir dos vinte anos. Um fator importante que chama a atenção nos resultados da pesquisa de campo é o expressivo número de respondentes que relaciona mudança de afiliação religiosa à vivência de momentos de dificuldades ou crises existenciais. As falas sublinham como, em momentos críticos da vida, eles receberam o apoio e a solidariedade de membros do novo grupo religioso, passando de uma vida cheia de dúvidas, incertezas e descrença, para um processo evolutivo de satisfação espiritual doutrinal e social, pois houve mudança também na vida financeira. O certo é que, o Catolicismo tem perdido o seu lugar de identidade religiosa (64%) e está vendo os seus fiéis, em especial os não praticantes, se dirigirem às várias religiões evangélicas da contemporaneidade nas quais se sentem mais felizes (94%), no bairro Dr. Sílvio Leite, em Boa Vista (RR).

BANCA EXAMINADORA

Dr. Luiz Alencar Libório – UNICAP (Orientador)
Drª Zuleica Dantas Pereira Campos – UNICAP (Examinadora interna)

Drª Rubenilda Maria Rosinha Barbosa – UFPE (Examinadora externa)

5 de ago de 2015

ARTE COMANDA A AULA INAUGURAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNICAP


A aula inaugural dos programas de pós-graduação da UNICAP, aconteceu neste dia 5/8/15 no auditório do bloco G4 em clima no qual a arte deu o tom de toda manhã. Quem abriu a solenidade no campo da música foi o Professor Newton Cabral interpretando clássicos da MPB, inclusive uma canção de Caetano Veloso, Cajuína. Ambiente preparado para a palestra inaugural do semestre.

O Professor Dr. Pe. José Tolentino, vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa, fez uma oportuna palestra sobre a literatura e a bíblia e apresentou brilhantemente uma aproximação entre São Paulo e o poeta português Fernando Pessoa. Uma manhã de encontros de alunos, professores e ótimas reflexões para começar o II semestre de 2015 entre desafios e uma produção acadêmica próspera.
A manhã contou com a presença afetuosa do Reitor Pe. Pedro Rubens e do Professor Degislando organizando a mesa e conduzindo as reflexões após a palestra do Professor José Tolentino.
Aproveitamos para desejar a todos os alunos dos vários cursos de pós-graduação, um semestre coroado de conquistas e sucesso nas aulas e na produção acadêmica.

20 de jun de 2015

ENCERRAMENTO DO SEMESTRE DAS ATIVIDADES DO GRUPO DE PESQUISA RELIGIÕES, IDENTIDADES E DIÁLOGOS.
Foi realizado na última sexta-feira, dia 19 de junho 9:30h a última reunião do semestre/2015 do Grupo de Pesquisa: Religiões, Identidades e Diálogos.  A palestra foi do prof. Júlio Cesar Tavares (Foto). O prof. Júlio atualmente cursa o doutorado no Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da Universidade de Juiz de Fora (UFJF). O tema abordado foi: 

Cosme e Damião: na fronteira das religiões – um caso de conflito entre a Igreja Universal e práticas afro-religiosas.
Após a exposição foi realizado um debate sobre o tema com a participação dos ouvintes sob a coordenação do Prof.Dr. Drance Elias.
Para o próximo semestre o grupo de pesquisa em breve anuncia sua programação.
Agradecemos a todos que durante o semestre compareceu e participou das palestras, debates e estudos do grupo.

Prof.Dr.Drance Elias
Prof.Dr. Sergio Sezino

16 de jun de 2015

REUNIÃO DE ESTUDOS DO GRUPO DE PESQUISA RELIGIÕES, IDENTIDADES E DIÁLOGOS

Estaremos realizando na próxima sexta-feira, dia 19 de junho no horário das 09h00min às 11h30min, no bloco GIV (por trás do banco ITAÚ), térreo, sala 02.  Contaremos com a colaboração do prof. Júlio Cesar Tavares.  Atualmente cursa o doutorando no Programa de Pós-graduação da Em Ciências da Religião da Universidade de Juiz de Fora (UFJF). O referido doutorando abordará tema de pesquisa que vem desenvolvendo e, para que possamos acompanhar sua apresentação, ele partilha texto de sua autoria que pode ser solicitado pelo email crunicap@gmail.com

TEXTO PARA LEITURA: Cosme e Damião: na fronteira das religiões – um caso de conflito entre a Igreja Universal e práticas afro-religiosas

Esperamos contar com a participação de todos e desejamos uma boa e proveitosa leitura do material que segue para discussão e aprofundamento.
Atenciosamente,

Prof. Drance Elias

Prof. Sérgio Sezino

15 de jun de 2015

PROFESSOR DA CATÓLICA PARTICIPA DO DEBATE “NIETZSCHE: O ANÚNCIO DA MORTE DE DEUS”


9 de jun de 2015

FOTOGRAFIAS E REFLEXÕES SOBRE O MUNDO CRISTÃO
ENTRE ITÁLIA E PORTUGAL.


Apresentei esse ensaio fotográfico no último dia 25/05/15 na aula de Filosofia da Religião. Juntamente com o Professor Tadeu, os alunos do mestrado e doutorado do programa de ciências da religião, refletimos sobre o mundo cristão através dos monumentos e momentos históricos a partir das fotos que trouxe e selecionei para apresentar, como resultado de minha viagem entre os dias 28/04 à 18/05/15. Do museu do Vaticano e suas salas com obras de arte, passando pela Capela Sistina, visitando a cidade antiga de Roma e suas escavações, até a hora do Ângelus com o Papa Francisco na Praça de São Pedro. Depois seguindo pela cidade de Pompeia, Spello, Foligno, Bevagnia, ao túmulo de Francisco de Assis, culminando com o Santo Sudário em Turin, as fotografias instigaram bom debate sobre o cristianismo, sua iconografia e as questões atuais entre a Igreja e o contexto social religioso do mundo. A exposição das fotos culmina com uma breve visita, porém significativa, ao Santuário de Fátima em Portugal.
Hoje, apresentarei esse resumo no EADE (Estudos Aprofundados da Doutrina Espírita) na Casa dos Humildes (Lar Geriátrico) Rua Henrique Machado, 110, Santana, Casa Forte.

Silvério Pessoa
Doutorando em Ciências da Religião

Mestrado em Ciências da Religião – Seleção Complementar 2015

Mestrado em Ciências da Religião estará de 1º de junho de 2015 a 09 de julho de 2015 com inscrições para Seleção Complementar da Turma de 2015.
EditalMestrado em Ciências da Religião – Complementar (atualizado em 25/05/2015)
Informações: (81) 2119.4388 / (81) 2119.4369.
Fique por dentro de todas as demais informações da nossa Pós-graduação . Acesse o link

8 de jun de 2015

Livro do Professor doutorando Alexandre de Jesus... Fruto da sua dissertação do nosso programa


APRESENTAÇÃO
"O livro de Alexandre de Jesus dos Prazeres, “Corpo e alma e sua relação na Bíblia Hebraica” é o resultado de uma pesquisa minuciosa realizada pelo autor. Embora tendo como foco a Bíblia Hebraica, a pesquisa abrange diversos campos do saber. O primeiro deles é o filosófico e isso é importante, porque os conceitos de corpo e alma sempre estiveram presentes na Filosofia, desde seus inícios na Grécia Antiga, até os mais atuais propósitos da Filosofia da Mente. Do campo filosófico, o autor vai para o campo teológico, presença obrigatória em uma pesquisa que se pretende ancorada na Bíblia Hebraica. O conceito de Bíblia Hebraica nem sempre é conhecido: significa todos os livros da Bíblia escritos em hebraico mais um grupo restrito de escritos em aramaico. Essa é a Bíblia da comunidade judaica e é o Antigo Testamento das igrejas provenientes da Reforma Protestante. O autor continua sua pesquisa por esse conjunto variadíssimo de escritos, identificando como os termos hebraicos referentes a alma e a corpo aparecem nesses escritos. Esses termos, de um modo geral, intencionam o ser humano todo, visto como corpo ou como alma, mas nunca um ser humano dividido em corpo e alma. Na última parte da pesquisa, o autor traz suas descobertas para os dias de hoje e tenta dialogar com a cultura atual que caracteriza como uma “cultura somática”, porque supervaloriza o corpo. A leitura desse livro certamente vai contribuir para uma visão mais integral do ser humano e a uma vivência mais sadia consigo mesmo, corpo e alma."

Cláudio Vianney Malzoni

Doutor em Ciências Bíblicas - École Biblique et Archéologique Française de Jérusalem, professor da graduação em Teologia e do Mestrado em Ciências da Religião da Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP.

DA CAPA DO LIVRO
"A obra que tem por título duas palavras em hebraico -“NÉFESH E BASAR”, alma e corpo - é um convite à compreensão do sentido dado ao corpo em nossa sociedade. O autor, Alexandre de Jesus dos Prazeres, depois de um detalhado estudo do sentido das palavras NÉFESH E BASAR na Bíblia Hebraica, apresenta algumas implicações do sentido destas palavras para a cultura somática de nossos dias.  
Considerando que a cultura do corpo nunca esteve tão em evidência na história da humanidade quanto na atualidade, o diálogo que esta obra estabelece com a tradição judaico-cristã sobre a relação entre corpo-alma, aponta para a necessidade de superação da dicotomia entre corpo e alma tão presente na história ocidental. 
Ao afirmar que “a concepção hebraica da pessoa humana é abrangente e por não reconhecer separação entre corpo e alma, contribui para a superação das consequências da dicotomia grega, e para uma valorização da corporalidade humana, e consequentemente para uma compreensão do ser humano em sua completude, em sua integralidade” (p.67); Alexandre abre caminho para compreensão e superação da sujeição e escravidão à qual os corpos tem sido relegados na sociedade de consumo.
Caro leitor, na leitura desta obra você está convidado a mergulhar num universo de sentido da compreensão de corpo e alma que ilumina e orienta a relação que estabelecemos com nossos próprios corpos e com os corpos de nossos semelhantes. Uma relação equilibrada entre corpo e mente, que está na raiz da saúde e felicidade tão almejada pelo ser humano de nosso tempo, somente será possível onde o corpo é compreendido como o elemento que liga o ser humano a si mesmo, a Deus, ao cosmo e aos outros seres humanos."
Flávio Schmitt
Doutor em Ciências da Religião, professor da Faculdades EST em São Leopoldo-RS, em nível de graduação e pós-graduação na área de Bíblia.

DA ORELHA DO LIVRO
"Este é um trabalho exegético, com implicações hermenêuticas bem fundamentadas, a partir da pesquisa bíblica atual. Contribui para uma melhor compreensão sobre um tema de suma importância para a Antropologia Teológica cristã: a relação entre corpo e alma.
O tema, que marcou profundamente, e de muitos modos, a compreensão do ser humano sobre si mesmo ao longo da história, está apresentado aqui em três capítulos bem articulados. O primeiro trata da relação corpo e alma numa perspectiva histórica, com o intuito de se considerar o estado da questão na Religião e na Filosofia. O segundo capítulo apresenta a relação corpo e alma na perspectiva da atual exegese bíblica, para se compreender de forma adequada a contribuição da Bíblia para a Antropologia Teológica cristã, a partir da noção semítica sobre o ser humano. O último capítulo nos apresenta as implicações desse estudo para uma abordagem crítica sobre a cultura corporal da atualidade, que supervaloriza uma dimensão humana (o corpo), menosprezando-se ou até desconsiderando-se as demais.
De um modo geral, o texto é permeado por uma crítica, muito bem formulada à “cultura somática” dos nossos dias (considerados como “tempos líquidos” pelo sociólogo polonês Zygmunt Bauman), em que valores começam a simplesmente evaporar-se diante dos nossos olhos, enquanto outros são superdimensionados.
O estilo redacional é compreensível, com alguns rebuscamentos que não atrapalham a compreensão, mas denotam a erudicidade do ator. A fundamentação teórica está apoiada numa bibliografia bem escolhida e atualizada, no campo da Exegese bíblica, da Filosofia, da Teologia, da Sociologia e, sobretudo, dos autores mais visitados no campo epistemológico em Ciências da Religião.
Recomendo, portanto, a estudantes, professores e pesquisadores, uma leitura atenta deste importante trabalho de Alexandre de Jesus dos Prazeres."


João Luiz Correia Júnior
Doutor em Teologia (concentração na área dos Estudos Bíblicos). Pós-doutor em Ciências da Religião. Professor Pesquisador da Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP.

PEDIDOS
Efetuar o depósito do valor do livro mais frete (R$ 30,00 + R$ 7,00) em Bradesco, agência 2628-0, Poupança 13751-0 e enviar o comprovante e o endereço para entrega do livro para o e-mail: alexandrespn@gmail.com

XI COLOQUIO INTERNACIONAL TRADIÇÃO E MODERNIDADE NO MUNDO IBERO-AMERICANO


Confira toda a programação acessando o link