8 de jun de 2015

Livro do Professor doutorando Alexandre de Jesus... Fruto da sua dissertação do nosso programa


APRESENTAÇÃO
"O livro de Alexandre de Jesus dos Prazeres, “Corpo e alma e sua relação na Bíblia Hebraica” é o resultado de uma pesquisa minuciosa realizada pelo autor. Embora tendo como foco a Bíblia Hebraica, a pesquisa abrange diversos campos do saber. O primeiro deles é o filosófico e isso é importante, porque os conceitos de corpo e alma sempre estiveram presentes na Filosofia, desde seus inícios na Grécia Antiga, até os mais atuais propósitos da Filosofia da Mente. Do campo filosófico, o autor vai para o campo teológico, presença obrigatória em uma pesquisa que se pretende ancorada na Bíblia Hebraica. O conceito de Bíblia Hebraica nem sempre é conhecido: significa todos os livros da Bíblia escritos em hebraico mais um grupo restrito de escritos em aramaico. Essa é a Bíblia da comunidade judaica e é o Antigo Testamento das igrejas provenientes da Reforma Protestante. O autor continua sua pesquisa por esse conjunto variadíssimo de escritos, identificando como os termos hebraicos referentes a alma e a corpo aparecem nesses escritos. Esses termos, de um modo geral, intencionam o ser humano todo, visto como corpo ou como alma, mas nunca um ser humano dividido em corpo e alma. Na última parte da pesquisa, o autor traz suas descobertas para os dias de hoje e tenta dialogar com a cultura atual que caracteriza como uma “cultura somática”, porque supervaloriza o corpo. A leitura desse livro certamente vai contribuir para uma visão mais integral do ser humano e a uma vivência mais sadia consigo mesmo, corpo e alma."

Cláudio Vianney Malzoni

Doutor em Ciências Bíblicas - École Biblique et Archéologique Française de Jérusalem, professor da graduação em Teologia e do Mestrado em Ciências da Religião da Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP.

DA CAPA DO LIVRO
"A obra que tem por título duas palavras em hebraico -“NÉFESH E BASAR”, alma e corpo - é um convite à compreensão do sentido dado ao corpo em nossa sociedade. O autor, Alexandre de Jesus dos Prazeres, depois de um detalhado estudo do sentido das palavras NÉFESH E BASAR na Bíblia Hebraica, apresenta algumas implicações do sentido destas palavras para a cultura somática de nossos dias.  
Considerando que a cultura do corpo nunca esteve tão em evidência na história da humanidade quanto na atualidade, o diálogo que esta obra estabelece com a tradição judaico-cristã sobre a relação entre corpo-alma, aponta para a necessidade de superação da dicotomia entre corpo e alma tão presente na história ocidental. 
Ao afirmar que “a concepção hebraica da pessoa humana é abrangente e por não reconhecer separação entre corpo e alma, contribui para a superação das consequências da dicotomia grega, e para uma valorização da corporalidade humana, e consequentemente para uma compreensão do ser humano em sua completude, em sua integralidade” (p.67); Alexandre abre caminho para compreensão e superação da sujeição e escravidão à qual os corpos tem sido relegados na sociedade de consumo.
Caro leitor, na leitura desta obra você está convidado a mergulhar num universo de sentido da compreensão de corpo e alma que ilumina e orienta a relação que estabelecemos com nossos próprios corpos e com os corpos de nossos semelhantes. Uma relação equilibrada entre corpo e mente, que está na raiz da saúde e felicidade tão almejada pelo ser humano de nosso tempo, somente será possível onde o corpo é compreendido como o elemento que liga o ser humano a si mesmo, a Deus, ao cosmo e aos outros seres humanos."
Flávio Schmitt
Doutor em Ciências da Religião, professor da Faculdades EST em São Leopoldo-RS, em nível de graduação e pós-graduação na área de Bíblia.

DA ORELHA DO LIVRO
"Este é um trabalho exegético, com implicações hermenêuticas bem fundamentadas, a partir da pesquisa bíblica atual. Contribui para uma melhor compreensão sobre um tema de suma importância para a Antropologia Teológica cristã: a relação entre corpo e alma.
O tema, que marcou profundamente, e de muitos modos, a compreensão do ser humano sobre si mesmo ao longo da história, está apresentado aqui em três capítulos bem articulados. O primeiro trata da relação corpo e alma numa perspectiva histórica, com o intuito de se considerar o estado da questão na Religião e na Filosofia. O segundo capítulo apresenta a relação corpo e alma na perspectiva da atual exegese bíblica, para se compreender de forma adequada a contribuição da Bíblia para a Antropologia Teológica cristã, a partir da noção semítica sobre o ser humano. O último capítulo nos apresenta as implicações desse estudo para uma abordagem crítica sobre a cultura corporal da atualidade, que supervaloriza uma dimensão humana (o corpo), menosprezando-se ou até desconsiderando-se as demais.
De um modo geral, o texto é permeado por uma crítica, muito bem formulada à “cultura somática” dos nossos dias (considerados como “tempos líquidos” pelo sociólogo polonês Zygmunt Bauman), em que valores começam a simplesmente evaporar-se diante dos nossos olhos, enquanto outros são superdimensionados.
O estilo redacional é compreensível, com alguns rebuscamentos que não atrapalham a compreensão, mas denotam a erudicidade do ator. A fundamentação teórica está apoiada numa bibliografia bem escolhida e atualizada, no campo da Exegese bíblica, da Filosofia, da Teologia, da Sociologia e, sobretudo, dos autores mais visitados no campo epistemológico em Ciências da Religião.
Recomendo, portanto, a estudantes, professores e pesquisadores, uma leitura atenta deste importante trabalho de Alexandre de Jesus dos Prazeres."


João Luiz Correia Júnior
Doutor em Teologia (concentração na área dos Estudos Bíblicos). Pós-doutor em Ciências da Religião. Professor Pesquisador da Universidade Católica de Pernambuco – UNICAP.

PEDIDOS
Efetuar o depósito do valor do livro mais frete (R$ 30,00 + R$ 7,00) em Bradesco, agência 2628-0, Poupança 13751-0 e enviar o comprovante e o endereço para entrega do livro para o e-mail: alexandrespn@gmail.com

Um comentário:

  1. Obrigado, foi um privilégio para mim ter sido aluno da UNICAP, graduação em Teologia e mestrado em Ciências da Religião. Espero ainda neste ano, realizar o lançamento do livro na UNICAP. Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!