4 de dez de 2013

MÚSICA E FÉ NO CANAVIAL




O Festival Canavial 2013, em sua 7ª edição, recebe mais de 60 convidados, entre artistas, grupos, pesquisadores e mestres da cultura popular, de Pernambuco e de outros estados, em uma programação que está abrangendo dez cidades. Maracatu, Coco de Roda, Caboclinho, Samba Enredo, Samba Canção, Forró, Ciranda, Índio, Congo, Aruenda, Embolada. A diversidade musical foi da Zona da Mata até Porto de Galinhas, homenageando o cirandeiro Mestre Biloco e o pesquisador Biu Vicente, nosso velho professor e amigo do Mestrado da gente. O Festival chega ao fim neste domingo (8 de dezembro), em Itaquitinga, Zona da Mata Norte pernambucana, com uma programação que inclui shows de Chico César (às 20h), Silvério Pessoa (às 18h) e grupos locais, como Índio Canindé Brasileiro, Orquestra 15 de Novembro e Ciranda da Flôr.

A programação na Terra do Caboclo de Lança, como Itaquitinga é mais conhecida, começa às 14h, com o seminário “A Música na Zona da Mata Norte de Pernambuco”. O encontro reúne representantes da Banda Musical Curica de Goiana (fundada em 1848, sendo a mais antiga filarmônica da América Latina em atividade), Banda 28 de Junho (Condado) e o Mestre Biloco. À frente da Orquestra Independente há mais de vinte anos, Mestre Biloco receberá homenagens durante a programação do Palco Canavial, a partir das 16h30, na Praça Central de Itaquitinga. Considerado uma das grandes personalidades da cultura local, Severino Feliciano da Silva se envolveu desde criança com ciranda, maracatu, frevo, bandas marciais e participou de muitas sambadas pela região. Quanto a Chico César, apresenta-se em Itaquitinga com o show “Aos Vivos Agora”, inspirado em seu primeiro álbum, com arranjos de voz e violão para as músicas “Mama África” e “À Primeira Vista”. Foi com essas composições que o artista fez sucesso, há 16 anos, fora de sua cidade natal, Catolé do Rocha (PB). O show promete ser um grande revival da carreira do cantor, com clássicos de seu repertório.

Silvério Pessoa, Mestre em Ciências da Religião pela UNICAP, é nascido em Carpina e vai a Itaquitinga apresentar seu atual show, intitulado No Grau. “Neste CD, acredito ter chegado perto do meu desejo, que é promover um diálogo entre a cultura popular e a música denominada universal, com influências do rock e do pop". É das referências e memórias da Mata Norte que Silvério Pessoa tira a inspiração para compor suas canções. “Foi em Carpina, através da Rádio Planalto, que ouvi e guardei toda sonoridade que trago comigo até hoje. Cocos, cirandas, forrós, maracatus, festas e celebrações que fazem parte da cultura daquela cidade. Sou um migrante, saí de lá e fui estudar em Recife, onde encontrei um novo panorama, novos sons e pessoas. Meu trabalho é esse hibridismo, mas sou um filho legítimo da Zona da Mata. Acredito que o Festival Canavial é uma janela para essa cultura, que tem o DNA de Pernambuco e que se afirma em uma zona em franco desenvolvimento”.





Programação
08/12/2013 (Domingo)
Palco Canavial (Praça Central de Itaquitinga)
14h às 17h - Seminário: A Música na Zona da Mata Norte de Pernambuco
Palestrantes: Representante da Banda Musical Curica de Goiana, Representante da Banda 28 de junho de Condado, Biloco (Mestre da Cultura Popular de Goiana), Mediador: Ítalo Pay (Cantor e Presidente da Associação dos Profissionais de Música de Goiana)
16h30 - Índio Canindé Brasileiro (Itaquitinga – PE)
17h - Orquestra 15 de Novembro (Upatininga / Aliança – PE)
17h30 - Ciranda da Flôr (Itaquitinga – PE)
18h - Silvério Pessoa (Recife – PE)
20h - Chico César (Catolé do Rocha – PB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!