26 de out de 2013

LER É JOGAR, VIVER É BRINCAR...



De 14 a 17 de Novembro, na Praça do Carmo, em Olinda, temos um encontro marcado com a cultura. Do começo em Porto de Galinhas às praças e ruas de Olinda, a Fliporto se consolidou como a Festa Literária mais plural, democrática e inclusiva do Brasil. Sendo desde há muito transmitida online e em tempo real pela internet. Novembro – há nove anos – é o mês da festa das letras, da Fliporto, sinônimo do diálogo que a literatura constrói com um público ávido pelo encontro marcado com grandes escritores. Aos temas permanentes da literatura se acrescentam as inquietações contemporâneas. E de conversa em conversa, de palestra em palestra, lições preciosas de vida e imaginação têm sido ouvidas de centenas de autores. 

A mudança de Porto de Galinhas para Olinda em 2010 deu-se para facilitar o acesso do público e aproximá-lo ainda mais dos autores. Para que todos pudessem desfrutar de uma programação de alto nível sem maiores esforços de deslocamento e custos. A Festa cresceu muito a partir de então, contribuindo não somente para a disseminação do conhecimento e a formação de plateia, mas para a economia, o turismo da cidade onde acontece. O espírito cosmopolita que nutre uma festa internacional como a Fliporto esteve sempre associado ao gosto pela identidade cultural e as raízes. 

Desse modo é que com declarado orgulho, a cada ano isso se refletiu nos temas e nos autores homenageados. África, América Latina, Portugal e Espanha estiveram presentes na festa com alguns dos seus autores mais ilustres. João Cabral de Melo Neto, Clarice Lispector, Gilberto Freyre, Nelson Rodrigues e José Lins do Rego, em 2013, figuraram entre os homenageados. José Lins do Rego foi o primeiro grande escritor brasileiro a colocar o futebol em posição de relevo na sua obra (e vida), o seu nome se harmoniza inteiramente com o tema da Fliporto deste ano: “A literatura é um jogo.”

Com estrutura muito dinâmica, sempre procurando inovar e renovar-se, a Fliporto promoveu, antes de qualquer outra festa literária no Brasil o diálogo da literatura com as artes. Cineastas, músicos, quadrinistas, atores, psicanalistas, engenheiros, médicos, mostraram como a literatura não é um compartimento estanque nem mero “sorriso da sociedade”. No mesmo espírito sem preconceitos e integrado ao pop e às novas tecnologias, a Fliporto ousa, provoca, experimenta. Tem segmentos infanto-juvenis, ecológicos, digitais, gastronômicos, cinefliporto, fliportocordel, promoveu concursos de poesia em vídeo e twetter. A programação da Festa Literária será totalmente gratuita ao público, mas, para o Congresso Literário, é preciso fazer inscrição (até 8/11) e retirar ingressos (a partir de 14/11).

Veja a programação completa da Fliporto aqui.
Faça inscrição para os painéis do Congresso por aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!