5 de ago de 2013

DUPUIS E O DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO

Defesa da Dissertação de Mestrado em Ciências da Religião na UNICAP
de José Barbosa da Silva

Diálogo Inter-religioso: tensões e perspectivas na interpretação da Instrução Diálogo e Anúncio à luz da proposta teológica de Jacques Dupuis

Este trabalho de pesquisa tem como objetivo analisar os desafios e perspectivas do diálogo inter-religioso a partir das inovações propostas pelo Concílio Vaticano II, como também seus desdobramentos em vários documentos no período pós conciliar, particularmente na Instrução Diálogo e Anúncio. Ante a insuficiência da postura do Magistério eclesial na abordagem da questão, das controvérsias suscitadas nas diversas esferas da instituição eclesial, a teologia do pluralismo religioso de Jacques Dupuis poderá situar melhor o problema, ao propor que as religiões sejam incluídas no projeto salvífico de Deus para toda a humanidade, reconhecendo-as como caminhos ordinários de salvação. A atitude da Igreja em relação às religiões não cristãs tem sido marcada pela ambiguidade, rompendo, assim, com as orientações pastorais emanadas do Concílio, que exorta os cristãos a descobrir os valores positivos dessas tradições religiosas. Neste sentido, a Declaração Dominus Iesus abrirá uma verdadeira cruzada contra os teólogos adeptos do pluralismo, a fim de impedir o avanço deste novo paradigma para a teologia, favorecendo um discurso com tendências exclusivistas que não consegue dialogar com o mundo moderno, plural e secularizado. Palavras-chave: Diálogo Inter-religioso. Pluralismo. Religiões Não Cristãs. Cristianismo. Diálogo e Anúncio.

Dia 8 de Agosto às 14h
No Anfiteatro do Bloco G4

Banca: 
Sérgio Sezino Douets Vasconcelos (Orientador)
Maria Bernadete da Nóbrega (UFPB)
Gilbraz de Souza Aragão (UNICAP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!