2 de jul de 2013

SÃO PEDRO NO MEIO DO RECIFE

Caros colegas do Mestrado,

Compartilho com vocês uma vivência religiosa da qual participei, em meio aos pescadores urbanos da periferia do Recife: um passeio pelo tempo em que a vida está nas mãos do padroeiro.
Como já é de tradição, mais uma vez os moradores de Brasília Teimosa encerram os festejos juninos com a tradicional Procissão de São Pedro.
As festividades começam logo pela manhã do dia 29 de junho, com a missa em homenagem ao santo Padroeiro dos Pescadores, organizadas pela Igreja e seus diverso grupos, pescadores e moradores devotos.
À tarde a tão esperada procissão marítima sai com o andor enfeitado de flores, levado pelos barcos, em direção ao Porto do Recife, de onde ao longe é possível escutar os fogos de artifício. 
Quem não vai nos barcos, fica em terra acompanhando a beleza das águas do Recife decoradas pela fé dos pescadores, que parecem passear sobre uma outra dimensão...
Ao retornarem, passam a pé pelas ruas da comunidade com o andor decorado, entoando cânticos religiosos com o orgulho de mais um ano festejado.
Para encerrar a festividade, na noite do dia 29 ainda tem a Festa do Coco, onde o lado profano dos festejos é regado com dança e música, maracatus locais e muita alegria pelos moradores!
Participar da festa foi passear por um "lugar" longe, bem aqui "dentro", da cidade e da gente.
Grande Abraço,

Fabiana Santos,
mestranda em Ciências da Religião na UNICAP.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!