16 de jun de 2013

ANTIGO LIVRO DOS MORTOS




O documentário acima, do Canal History, trata do Livro dos Mortos, como é conhecida (no original, era Livro de Sair Para a Luz) uma coletânea de feitiços, fórmulas mágicas, orações e hinos do Antigo Egito, escritos em rolos de papiro e colocados nos túmulos junto das múmias. O objetivo desses textos era ajudar o morto em sua viagem para o outro mundo, afastando eventuais perigos que ele poderia encontrar na viagem para o Além.

A ideia central do Livro dos Mortos é o respeito à verdade e à justiça, mostrando o elevado ideal da sociedade egípcia. Era crença geral que, diante da deusa Maat, de nada valeriam as riquezas, nem a posição social do falecido, mas que apenas os atos seriam levados em conta. Foi justamente no Egito que esse enfoque de que a sorte dos mortos dependia do valor da conduta moral enquanto vivo ocorreu pela primeira vez na história da humanidade.

Não resta dúvida de que o julgamento dos atos após a morte devia preocupar, e muito, a maioria dos egípcios, religiosos que eram. Para os egípcios esse conjunto de textos era considerado como obra do deus Thoth. As fórmulas contidas nesses escritos podiam garantir ao morto uma viagem tranquila para o paraíso e, como estavam grafadas sobre um material de baixo custo, permitiam que qualquer pessoa tivesse acesso a uma terra bem-aventurada, o que antes só estava ao alcance do rei e da nobreza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!