13 de mai de 2013

MORTE E TRADIÇÕES


 Circulo de Palestras Saúde e a Plenitude do Ser

A UNIPAZ PERNAMBUCO
Convida você para a palestra

A Morte na Infância e o Resgate das Grandes Tradições
.
com Sandra Araújo
médica, oncologista pediátrica do Hospital Oswaldo Cruz e HEMOPE,
mestre em Pediatria e Teóloga pela UNICAP,
do Mestrado em Ciências da Religião.

O problema da morte se apresenta como um fenômeno de extrema riqueza antropológica e teológica, pois a compreensão da morte não é sem importância para entender a vida humana. Com a desvalorização da morte e a negação de seu sentido na sociedade contemporânea, são gerados sentimentos de desvalia, inutilidade e impotência nos indivíduos. O tempo de morrer tem um valor e deve ser respeitado, incluindo a criança. É tempo das últimas permutas da vida, tempo de fechar um círculo, tempo de preparar-se para uma outra vida, seja qual for a representação que se tenha dela. "A tragédia da vida não é a morte, mas, aquilo que deixamos morrer dentro de nós enquanto vivemos" (Leonardo Boff).
.
Próxima quarta-feira, 15 de maio
(pede-se a contribuição de 2k de alimento)
horário de 19h30 às 21h30
local UNIPAZ
UNIPAZ - Universidade Internacional da Paz - Pernambuco
Endereço: Rua Enéas de Lucena 244, Encruzilhada, Recife
Fone: (081) 3244-2742

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!