4 de abr de 2013

CAFÉ, PRAZERES, ESPERANÇAS

O Café Filosófico CPFL é um programa produzido pela CPFL Cultura desde 2003, que mantém sua versão online no site www.cpflcultura.com.br, permitindo que qualquer pessoa conectada assista às palestras e participe dos debates pelo chat, inclusive com a possibilidade de enviar pergunta ao palestrante. Na série são revisitados conceitos que levaram às mudanças de pensamento e atitude dos indivíduos na sociedade contemporânea, como as relações afetivas, a arte, o corpo, a evolução da família, a (des)construção dos gêneros e dos papéis masculino e feminino, o mercado de trabalho, o envelhecimento e a longevidade.

Neste ano o Café Filosófico desenvolve o Módulo Os 7 prazeres capitais – pecados e virtudes hoje.
O afã de normar classificou como 7 os pecados que levam o homem à perdição. São capitais, pois pertencem à categoria de erros que geram novos erros. Eles apresentam, de muitas formas, caminhos para compreender as pessoas e seus comportamentos mais usuais.  O ciclo discute ações humanas sob o prisma de especialistas em diversas áreas. Pecar seria um desvio da nossa natureza ou a virtude em si é que nos afastaria do que somos de fato? A virtude seria a exceção e uma construção de moralistas e o pecado seria nosso “natural”?  O prazer de pecar e o afã de normar orientam este ciclo. Com curadoria de Leandro Karnal, historiador e professor da Unicamp, as reflexões em torno da temática irão discutir as ações humanas sob o prisma de especialistas em diversas áreas.

Nesta sexta, o Café Filosófico trará o tema Da ira à esperança. Quem nunca se irritou? Quem, ao menos uma vez na vida não se exprimiu dizendo: “eu morro de raiva!”; “o meu sangue ferve!”; “ai que ódio!”, ou “me dá uma raiva!”; entre outras expressões? A ira é um sentimento de dor causado por outrem ou em uma situação que deseja, ao menos momentaneamente, vingança; é concreta e individual, ligada a uma pessoa ou acontecimento preciso. Dependendo de sua intensidade e duração ela pode ser denominada impaciência, violência, furor, ódio ou vingança. A mansidão e a paciência são, entre outros, os remédios contra a ira.

O palestrante é o Padre Contieri. Presbítero jesuíta. Tem graduação em Filosofia e Teologia e pós-graduação em exegese bíblica. Estudou em Roma, Bélgica e Jerusalém, e foi professor de exegese no Centro de Estudos Superiores da Companhia de Jesus, em Belo Horizonte, na PUCCAMP e no Mosteiro de São Bento, em São Paulo, além de muitos cursos para leigos. É Membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo e atualmente é diretor do Pateo do Collegio e do Museu de Arte Sacra dos Jesuítas, em Embu das Artes.

Sexta 5 de abril, 19h
Transmissão online por aqui

Leia também no blog: Indignai-vos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!