10 de dez de 2012

FALECEU O PADRE PAULO MENESES

Faleceu nesta segunda-feira (10), por volta das 7h, em Fortaleza, o padre jesuíta Paulo Gaspar de Meneses, que foi professor de vários professores do nosso Mestrado. Cearense nascido em 1924, Padre Paulo destacou-se por seus estudos e pesquisas na área de filosofia, de modo especial sobre Hegel. Na UNICAP foi professor e gestor até 2010, quando decidiu morar mais próximo dos familiares. O velório está sendo na igreja de Cristo Rei, na capital do Ceará, onde às 16h ocorrerá o sepultamento. Na Universidade Católica de Pernambuco haverá missa em sua memória às 18h.

Em 2006, disse o Padre Paulo: "Quando eu era jovem, só as pessoas de idade tinham valor. Quando envelheci, foi a vez dos jovens: os velhos 'já eram', estavam ultrapassados. Assistir assim, no fim da vida, à revalorização dos anciãos, como nas culturas antigas, não deixa de ser gratificante, embora reste pouco tempo para desfrutar dessa reversão. (...) É o passado que conflui no futuro, é a história que se tece diante de nossos olhos (...). Na verdade, o tempo humano é qualitativamente distinto do tempo dos físicos: e por isso o passado não se esvai nem se deleta, mas 'se encanta'. Na vida da Igreja, o passado é tradição, uma das fontes da fé cristã; na vida dos povos, o passado é história e manancial secreto de sua nacionalidade; na vida das Universidades o passado é a mágica que faz delas uma 'alma mater' com todo o prestígio e riqueza que o termo designa. O passado conflui no presente e dá impulso a seu futuro nessa forma de 'encantamento': e o futuro tem todo o seu tempo para processar esse tesouro, no novo contexto e nos seus desafios".

Saiba mais aqui quem foi o Padre Paulo,
na saudação que a profa. Evania Pincovsky fez por ocasião dos seus 85 anos.
Veja aqui os artigos e escritos do Padre Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!