18 de nov de 2012

CONFRATERNIZAÇÃO 2012 DO MESTRADO




"Nós não podemos nunca entrar no mesmo rio,
 pois como as águas, nós mesmos já somos outros"
(Heráclito).

Neste sábado, 17 de novembro, realizamos a confraternização do Mestrado em Ciências da Religião da UNICAP, deste ano de 2012. Atendendo ao gentil convite do padre Sandro Lemos, da nossa oitava turma, navegamos pelas belíssimas fronteiras dos municípios de Rio Formoso, Tamandaré e Sirinhaém, banhados por rios cristalinos no litoral sul de Pernambuco. Aprendemos sobre antiga comunidade de negros Quilombolas nessa região portuária de Engenhos de Açúcar, como também sobre recente comunidade de Periferia dedicada a Santo Inácio, construída com apoio da nossa Universidade juntamente com moradores da Rua da Lama, atingidos pela última grande cheia na região. Histórias edificantes que nos fazem pensar sobre o poder agregador da religiosidade, seja qual for; sobre as águas da vida e suas reviravoltas...

Porém, nenhuma das narrativas chamou tanto a atenção dos nossos estudantes e professores quanto a da Batalha do Reduto, cujo cruzeiro rememorativo nós visitamos (e onde se realiza grande efeméride cívico-religiosa em 7 de fevereiro). É que em meados do século XVII os holandeses, que recebiam forte apoio logístico para conquistar o Pernambuco português, decidiram tomar o Forte de Rio Formoso. Quem comandou a expedição, em 1633, foi o coronel Van Schkoppe, com navios, canhões e seiscentos homens - que se bateram contra vinte e poucos pernambucanos destemidos. Após muita artilharia, Van Schkoppe encontrou quase todos mortos e o comandante Pedro de Albuquerque (filho de Jerònimo de Albuquerque e Felipa de Melo) ainda com vida e resistindo, ao que, segundo se conta, teria clamado: "Curvemo-nos! São heróis!". Lições de história para as nossas vidas, que não serão mais as mesmas... Depois do Mestrado, desse ano, deste encontro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!