17 de ago de 2012

A ARTE BUDISTA DE MORRER


A UNIPAZ PERNAMBUCO
Convida  para palestra em sua sede, na próxima quarta-feira, 22 de agosto, das 19h30 às 21h30, sobre

A Arte de Morrer na Psicologia Budista:
a experiência dos seis bardos

com Aurino Lima Ferreira
Doutor em Educação, Mestre em Psicologia. Professor do Núcleo de Educação e Espiritualidade do PPGE/UFPE.

Uma abordagem das contribuições da psicologia budista no despertar de uma consciência ampliada e lúcida, capaz de incluir os processos de transformações dos bardos em caminhos de sabedoria. O termo tibetano bardo não se aplica apenas à morte, mas a toda experiência ou a todo fenômeno cujos limites temporais são definíveis, de duração longa ou breve. O número de bardos nesta exposição compreenderá seis categorias. Os três primeiros pertencem à vida presente: o bardo do nascimento à morte, que se interrompe aos primeiros sinais de agonia; o bardo do sonho, delimitado pelo momento em que se adormece e aquele que se acorda; o bardo da concentração, início e fim de uma meditação. Os três últimos constituem os bardos da morte. O bardo do momento da morte: do início do processo da morte até a morte efetiva. O bardo da natureza em si: do momento da morte até o aparecimento das divindades no estado post-mortem. O bardo do vir a ser: do fim do precedente até o nascimento. Caminhar através destes bardos com a percepção de que a essência da mente de todos os seres é livre conduz à superação das limitações impostas pelas visões convencionais dos bardos e a uma ampla visão de despertar...

Entrada: 2 kilos de alimento ou material de limpeza, para obras sociais.

UNIPAZ
Endereço: Rua Enéas de Lucena 244, Encruzilhada, Recife PE.
Fone/Fax: 81 3244.2742
unipazrecife@unipazrecife.org.br
www.unipazrecife.org.br

Mais no blog:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!