5 de abr de 2012

VATICANO II: 50 ANOS



Tema: “Concílio Vaticano II: 50 anos – história e perspectivas”
Dias: 09, 10 e 11 de maio de 2012
Local: Auditório G-II da UNICAP


O Concílio Vaticano II, aberto em 1962, é o evento que redefiniu a paisagem eclesial do século passado. Há 50 anos um novo elã era assim dado aos cristãos. Com razão ele foi designado mais de uma vez como a “primavera da Igreja”. Uma de suas características: a abertura. Abertura que se traduz pela atitude de profunda escuta: da Palavra de Deus, dos homens, de seu tempo, de sua história, da Igreja e de sua missão no mundo. Escuta que engaja o diálogo para além das fronteiras da própria Igreja. A perspectiva do aggionarmento, disposição característica do Concílio, insere-o humildemente no movimento da Encarnação do Verbo. De caráter despretensioso e eminentemente pastoral, o Vaticano II é autenticamente teológico. Não se esquiva das questões candentes do seu tempo. Não as contempla com a superioridade de quem já possui todas as respostas. Deixa-se interpelar.

Ao longo de vários dos dezesseis documentos que foram promulgados podemos encontrar, em proporções diversas, os traços do desejo de reconciliação com o mundo moderno. Através deles, vislumbra-se um novo modo de ser Igreja, um novo modo de pensá-la, convocando-a a retornar às fontes, haurindo nas Escrituras e na Tradição para redescobrir a sua vocação e missão. Vislumbra-se ainda a importância dada à experiência humana, o desejo de tecer elos e conhecer as verdadeiras perguntas que emergem dessa experiência. Longe de marcar rupturas, a Igreja anuncia a paz, a esperança. Marca sua proximidade e solidariedade com a grande família humana. Uma reflexão sobre a convocação e a realização do Concílio leva ao reconhecimento do olhar de fé, da confiança de João XXIII: ousar esperar na ação do Espírito.

Confiança que marca o espírito do Concílio e convida seus interlocutores a entrar no mesmo espírito. A fidelidade ao Espírito, o desejo da credibilidade do anúncio de que a Igreja é portadora e de sua presença em meio aos homens, a dinâmica de esperança desencadeada pelo Concílio, não suprimiram as dificuldades que se seguiram. Dificuldades que trouxeram, para além dos sofrimentos, a provocação do crer e do crescer. Aliás, a fé viva e madura, uma vida cristã voltada para o mundo, amado, querido e escolhido por Deus para se manifestar, não são também, ao mesmo tempo, semente e fruto do Concílio? Os desafios e graças desses 50 anos podem continuar a fecundar as reflexões, e para além de qualquer nostalgia, a abrir-nos ao “hoje” que nos é dado. Participe da Semana de Teologia da UNICAP 2012, sobre os 50 anos do Vaticano II.

Programação

09 de maio de 2012 (quarta-feira)
13h50 às 15h30 – Minicurso “Segredo dos ritos, ritualidade e sacramentalidade”, com Ione Buyst no Auditório G2
15h50 às 17h30 – Oficinas com os professores de Teologia da UNICAP
18h30 – Chegue antes: atividade cultural
19h às 21h30 – Conferência: “O Concílio Vaticano II: o fato histórico e seus desdobramentos”, com José Oscar Beozzo

10 de maio de 2012 (quinta-feira)
13h50 às 15h30 – Minicurso “Segredo dos ritos, ritualidade e sacramentalidade”, com Ione Buyst no Auditório G2
15h50 às 17h30 – Seção de comunicações mediante inscrição prévia
18h30 – Chegue antes: atividade cultural
19h às 21h30 – Conferência: “O Vaticano II e a Renovação Litúrgica”, com Ione Buyst

11 de maio de 2012 (sexta-feira)
13h50 às 15h30 – Oficina “Músicas da Igreja nos caminhos do pós-concílio”, com Zé Vicente;
15h50 às 17h30 – Café Teológico com Prof. Frei Tito e Prof. Gilbraz
18h30 – Chegue antes: atividade cultural
19h às 21h30 – Conferência: “A Eclesiologia do Vaticano II”, com dom Demétrio Valentini, bispo de Jales, SP

Mais informações e inscrições aqui.
...
...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!