19 de mar de 2012

MESTRADO ELOGIADO NO JORNAL DO PAPA

O Osservatore Romano é o jornal oficioso do Vaticano. Na edição cotidiana de 16 de março de 2012, em italiano, trouxe artigo do prof. Riccardo Burigana, que é Diretor do Centro para o Ecumenismo na Itália e do Mestrado em Diálogo Inter-religioso do Instituto de Estudos Ecumênicos São Bernardino, de Veneza, além de professor colaborador de nosso Mestrado em Ciências da Religião da UNICAP. Riccardo esteve na nossa Universidade nas últimas semanas, onde ministrou curso no Mestrado e também palestras para seminaristas e padres. 

Na matéria que escreveu para o Osservatore Romano, com o título "Sacerdotes brasileiros na escola do ecumenismo", ele retoma o compromisso declarado do Reitor da UNICAP e Professor do nosso Mestrado, Pe. Pedro Rubens, de colaborar com a formação filosófico-teológica aberta e dialogal dos seminaristas da Arquidiocesde de Olinda e Recife e outras dioceses e congregações da região (são mais de 320 alunos na filosofia e cerca de 160 na teologia), como ademais de todos os estudantes da Universidade - que cursam em perspectiva amplamente ecumênica ao menos duas disciplinas de cultura religiosa: Humanidade e Transcendência e Humanismo e Cidadania.

O texto lembra que o envolvimento da Universidade com a mensagem de diálogo ecumênico e inter-religioso do cristianismo tem assumido novas formas, na tentativa de apoiar a missão da Igreja em nosso Nordeste contemporâneo, cada vez mais pluralista e sincrético. "Entre as iniciativas está o Mestrado em Ciências da Religião, coordenado pelo prof. Gilbraz Aragão. Esse curso, que é reconhecido como um dos mais dinâmicos e proativos nos estudos da religião no Brasil, visa proporcionar uma compreensão científica da situação religiosa em relação ao mundo da cultura e da sociedade brasileira e, em especial, em relação à tradição judaico-cristã que marca a sua conformação". Riccardo lembra também que, com a sua participação, na Pós-graduação da UNICAP, o presente ano letivo foi aberto por uma palestra e debate sobre a dinâmica interconfessional, inter-religiosa e intercultural do Mediterrâneo europeu, analisando o confronto entre cristãos e instituições civis sobre o tema da unidade e o contributo das religiões para a "primavera árabe".

Assim, com cursos aprofundados e debates educativos, lembra o artigo, a UNICAP tem a intenção de participar no jeito dialógico que caracteriza a sociedade brasileira, para o qual é essencial fornecer não só conhecimento, mas também uma metodologia sem a qual corremos o risco de perder de vista a verdadeira natureza do diálogo. A Igreja é chamada "a participar na reflexão sobre os direitos humanos, tão viva no Brasil, mas também para testemunhar a escolha irreversível em favor da unidade da Igreja, como foi afirmado pelo Concílio Vaticano II", conclui, citando o Pe. Pedro Rubens.

Acesse o jornal aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!