8 de fev de 2012

ANAIS DO CONGRESSO DA ANPTECRE

Há mais de um século a religião deixou de ser objeto de estudos realizados apenas no âmbito de círculos religiosos e instituições eclesiásticas. Nas grandes universidades do mundo inteiro ela passou a ser tema de pesquisas e estudos sistemáticos realizados em ambientes científicos de cunho laico. Com isto os Estudos da Religião se tornaram mais respeitados no âmbito da comunidade científica e passaram a ser regidos segundo as normas acadêmicas vigentes nas demais áreas do conhecimento gerado em universidades e centros de pesquisa. Em contrapartida, porém, os estudos da Teologia tenderam, em especial em países latinos, a serem cultivados nas Igrejas, donde tiveram origem um certo um distanciamento histórico e desconfiança entre um e outro campo de saber.

Apesar de alguns percalços, deram-se, no entanto, algumas mudanças significativas. No Brasil, por exemplo, nos últimos decênios, verificou-se uma aproximação também institucional entre os dois campos, o que trouxe um maior respeito e atenção aos estudos da religião no seio da comunidade universitária. A fundação da própria ANPTECRE, Associação dos Programas de Pós-graduação em Teologia e Ciências da Religião, o comprova.

Nasceram daí possibilidades novas de diálogo entre as Teologias geradas em ambientes religiosos e as produzidas no âmbito das demais ciências que estudam o fenômeno religioso. Ao mesmo tempo, porém, essa situação levantou uma série de questões teóricas e metodológicas que exigem um debate mais aprofundado. Essas questões constituem um repto muito especial para os Programas de Teologia e de Ciências da Religião que hoje congregadas na ANPTECRE. Pode-se afirmar que atualmente, dentro e fora do Brasil, sopram ventos mais propícios a um intercâmbio autônomo e respeitoso entre o pensamento filosófico e científico e as Teologias.

A ANPTECRE vê neste campo de trabalho uma de suas tarefas prioritárias, uma vez que ela própria constitui um espaço que por si só propicia possibilidades de contatos diretos entre o pensamento teológico e o dos cientistas e filósofos da religião, o que cria condições e possibilidades para um debate bem mais acurado a respeito da complexa interação existente entre as várias ciências que se debruçam sobre as religiões em suas múltiplas facetas e mudanças. Essa complexa interface entre Teologia e Ciências da Religião foi a temática do III Congresso da ANPTECRE, que visou levantar, mapear e aprofundar alguns dos aspectos que surgem no necessário debate entre as Teologias, cristãs e de outras tradições religiosas, e as Ciências da Religião.

Com o tema "Teologia e Ciências da Religião: Interfaces", esse último Congresso da ANPTECRE ocorreu de 2 a 4 de maio de 2011, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. Na ocasião foi lançado o importante livro "Teologia e ciências da religião: a caminho da maioridade acadêmica no Brasil", escrito com colaboração do nosso Mestrado da UNICAP e recolhendo as palestras dos encontros anteriores. As conferências do próprio Congresso estão sendo editadas para publicação e os anais com os textos completos das comunicações realizadas nos 21 GTs do III Congresso estão sendo enviados em CD para os 300 inscritos. Vale lembrar, para registro no Lattes e Coleta, que temos dois números de ISSN, referentes aos resumos distribuídos no próprio evento e aos textos completos ora disponibilizados: Anais do 3º Congresso da ANPTECRE - Caderno de Resumos: ISSN 2175-9367; Anais do 3º Congresso da ANPTECRE - Textos Completos (formato CD): ISSN 2175-9685. Boa leitura!

Acesse aqui um espelho virtual dos anais do Congresso,
que estão sendo distribuídos em CD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!