19 de out de 2011

VAMOS PROCURAR O SEGREDO

Michel Maffesoli (procurando o Segredo?!)
Nós já tínhamos anunciado aqui a realização no Recife do XVI Ciclo de Estudos sobre o Imaginário, um Congresso Internacional que começou nesta terça e vai até o próximo dia 21, sexta-feira, no Park Hotel de Boa Viagem. Trata-se de promoção da nossa querida Danielle Pitta, da Antropologia da UFPE e da Associação Ylê Setí do Imaginário. Com o tema "Imaginário e dinâmicas do segredo", o objetivo geral deste Ciclo é discutir, a partir das dimensões simbólicas, arquetípicas e míticas, as dinâmicas do segredo nos diversos setores sociais e em diversas culturas, procurando delinear as modalidades de seu impacto na contemporaneidade: a época pós-moderna nos ajuda a passar da explicação do mundo para um conhecimento de implicação, onde a dimensão dos mistérios na vida ganha relevância e respeito.

A solenidade de abertura prestou homenagem a Gilbert Durand, Ariano Suassuna e Sotigui kouyaté, sendo seguida por duas conferências: "O claro/escuro da existência", por Michel Maffesoli (Paris 5, França), e "A dinâmica do segredo em terreiro de candomblé", por Ruy do Carmo Póvoas. Auditório lotado, muita gente da França, de Portugal e de vários Estados brasileiros, clima de banquete acadêmico - como sói acontecer nos encontros da "tribo do imaginário". Mas mesmo quem não está inscrito no Ciclo ainda pode aproveitar as conferências, pagando uma taxa na secretaria: é só escolher o que mais lhe interessa aqui na programação.

Arriscamos fazer algumas recomendações, pra quem se dedica aos estudos religiosos. Dia 20 à tarde tem uma Mesa-redonda sobre "A busca da transcendência em narrativas do século XX", que vai analisar a religiosidade em textos de Guimarães Rosa, Murilo Rubião, Franz Kafka e Lygia Fagundes Teles. Dia 21 pela manhã outra Mesa-redonda vai tratar dos "Segredos de deuses e de espaços na poesia contemporânea", trabalhando textos de Lya Luft, Hilda Hilst e Dora Ferreira da Silva. Além disso, dois Fóruns também podem ser muito atrativos: dia 21, o Fórum IX tem por tema "Educação e religiosidade: imaginários do segredo" e será coordenado por Eunice Simões; dia 20 o Fórum XII trata de "Religiões, história e imaginário: o ensegredamento do mito na academia ocidental" e será coordenado por Carlos André Cavalcanti. Ambos os coordenadores são professores de Ciências da Religião no Mestrado da Federal da Paraíba. Muitos colegas da nossa área de Teologia e Ciências da Religião, de vários Programas de Pós, também farão comunicações nos Fóruns.

Uma última sugestão: a conferência do dia 21 às 8h30 será sobre "O segredo ou as duas vias do sagrado". Proferida por Jean-Jacques Wunemburger, de Lyon 3, França, ela se anuncia com o seguinte resumo: "Segredo de família, segredo de Estado, segredo médico, tantos momentos onde se escondem saberes. Uns podem ser revelados pela violência, outros aproximados com pudor. Não estariam aí evidentes práticas do sagrado e de sua manifestação? Mas que diferenças há entre a transgressão do que é interdito e a busca de uma profundidade, mantida em recuo? Não permite o segredo apreender os dois imaginários do sagrado, que se opõem como “animus” e “anima”, o diurno e o noturno, o duplo mistificador e o termo de uma iniciação? Mas se toda sociedade e toda cultura ativaram estas duas vias, freqüentemente na ambivalência, como se transformam hoje estes imaginários face à tirania da transparência e da exibição dos corpos, dos afetos, assim como dos pensamentos? Que imaginários permitiriam reativar a estética e a ética do segredo, que talvez seja a própria fonte do imaginário, que não se desdobra senão sobre o fundo de um jogo sutil entre o que se mostra e se esconde?". Quem quiser saber de mais segredo - e prescrutar o sagrado - venha imaginar junto em Boa Viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!