21 de jul de 2011

TRABALHO DE MOISÉS VAI PRA BIENAL

A Secretaria de Educação (SE), por meio da Secretaria Executiva de Desenvolvimento, divulga os nomes dos professores e técnicos selecionados para lançar seus livros e/ou periódicos científicos na VII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, que ocorrerá no período de 23 de setembro a 02 de outubro deste ano. A ação faz parte do Programa de Valorização e Qualificação dos Profissionais da Educação e tem por objetivo proporcionar espaços e meios de divulgação para as produções.

Os escolhidos são: O incrível mundo do cangaço (Volume I e II), de Antônio Vilela de Souza; Pinto Madeira: nem herói nem vilão, de Nélcia Turbano de Santana; Suzan Amor, de José Luiz Nascimento de Santana; Quando fala uma operária da Educação, de Maria de Fátima Ribeiro Soares; Paulo Freire: saberes e dizeres de um professor feliz, de Petrônio Santos Cavalcanti; Viver poesia, de Lúcia de Fátima do Nascimento; e Além da alienação: a conversão religiosa como forma de ressocializar pessoas oriundas do mundo da criminalidade, de Moises Germano de Andrade.

Entre os escolhidos, portanto, está o livro de Moisés Germano, que é fruto da sua dissertação de Mestrado em Ciências da Religião na UNICAP (veja aqui os livros que resultaram dos dois anos de estudos de Moisés no Mestrado). Além de lançar o livro na Bienal de Pernambuco, o nosso egresso terá a sua pesquisa recomendada às bibliotecas públicas do Estado. Enviamos os parabéns pra Moisés e deixamos o convite pra gente prestigiar e apoiar a sua militância acadêmica, pedagógica e cidadã.

Um comentário:

  1. Parabéns Moisés. Você é merecedor. Lembro-me ainda quando estava no segundo ano da FAINTVIS.

    Um grande abraço.

    Salomão Silva - Curitiba - PR.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua participação!