15 de jun de 2011

SANTAS MISSÕES

Defesa da Dissertação de Mestrado em Ciências da Religião na UNICAP
de Valdemir de França Souza


De volta para o passado? Uma análise crítica da reproposição das "Santas Missões Populares" no século XXI

Trata-se de fazer a análise, com o uso de instrumentos da História Social, do projeto de retomada sistemática, em pleno Século XXI, pelos agentes de pastoral qualificados das igrejas diocesanas que compõe o Regional Nordeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, CNBB, de um tradicional método pastoral da Igreja católica, conhecido como “Missão Popular”. Nosso estudo pretende mostrar como tal método, surgido na idade moderna, uma vez adaptado às circunstâncias atuais e valendo-se das novas tecnologias de comunicação, vem sendo novamente incentivado pela Igreja católica como alternativa no resgate de costumes e valores sociais e religiosos perdidos nas últimas décadas, visando principalmente evitar a migração de fiéis para outras Igrejas e para os chamados “novos movimentos religiosos”. Para isso, analisaremos a documentação produzida pelas igrejas do Regional, em busca das justificativas usadas para sua retomada, e de seus reais interesses, ligados, segundo supomos, à busca da reconquista/manutenção da hegemonia religiosa católica na sociedade do Nordeste Oriental do Brasil. Hegemonia esta solapada, nos decênios sucessivos ao aggiornamento católico implantado após o Concílio Vaticano II (1962-1965), por processos tanto ad intra, tais como desnorteamento e perda de referências em função das mudanças no imaginário católico, quanto ad extra, resultantes da secularização, das migrações, da urbanização no interior dos estados e da penetração, cada vez mais agressiva, de igrejas e movimentos religiosos concorrentes com a proposta católica.

Dia 22 de JUNHO, às 14h
No Anfiteatro do 3º andar do bloco G4
.

Banca Examinadora:
Profa. Dra. Emanuela Sousa Ribeiro  (UFPE)
Profa. Dra. Zuleica Dantas Pereira Campos (UNICAP)
Prof. Dr. Luiz Carlos Luz Marques (ORIENTADOR)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!