26 de mai de 2010

TEOLOGIA NA UNIVERSIDADE

Por Elano Lorenzato, no Boletim UNICAP.
Chegou ao fim a Semana de Teologia 2010 da Universidade Católica de Pernambuco. A noite do último dia do evento (21), que nesta edição trouxe o tema “Por uma teologia espiritual, por uma espiritualidade teológica”, começou com apresentação do CD “Bugigangas de Eternidade”, do professor de Teologia Patrística Luiz Moura.

Luiz Moura, acompanhado de Socorro Tavares e Milena Beatrice, com participações especiais de Geraldo Magela, no vocal, e do grupo de dança da Fafire, na coreografia, executou as faixas ao vivo de seu CD. A apresentação foi muito aplaudida pelos presentes.

Antes do início da conferência “Espiritualidade cristã: fontes, perspectivas, finalidades”, com Dom Sebastião Armando Gameleira, bispo da Diocese Anglicana do Recife, os organizadores da semana fizeram um sorteio de brindes com os participantes. Em seguida, a mesa foi formada pelo coordenador dos trabalhos da noite, professor Sérgio Vasconcelos, e por Dom Sebastião.

Após as considerações do professor Sérgio Vasconcelos, Dom Sebastião deu início falando que quando se analisa a pedagogia de Paulo Freire, por exemplo, percebe-se que ela está tomada daquilo que se pode chamar uma experiência espiritual. “Uma vez, numa escola, falei uma manhã inteira sobre espiritualidade, desenvolvendo a espiritualidade que eu julgava que era da pedagogia de Paulo Freire. Não falei nenhuma vez de Igreja e nenhuma vez de Deus. Uma pessoa, muito de igreja, chegou pra mim e disse ‘mas eu fique impressionada, como o senhor falou a manhã inteira sobre espiritualidade e não falou de Deus um só vez, mas todo mundo entendeu que o senhor estava falando da relação com Ele’.”

Dom Sebastião lembra que nesta Semana todos estão articulando espiritualidade e teologia. Ele levanta uma pergunta para os presentes: “Teologia é falar de Deus ou escutar a fala de Deus?” Ele responde. “Teologia foi definida como tudo aquilo que se refere ao mistério de Deus e todas as coisas enquanto dizem relação a Deus”. Por isso todas as coisas podem ser espirituais! A reportagem do Boletim Unicap (B.U.) entrevistou professores, alunos e participantes da Semana de Teologia. Acompanhe as entrevistas:

Professor Cláudio Vianney Malzoni, Coordenador da Semana e do curso de Teologia da Unicap.
B.U.: Professor, na sua opinião, quais foram os pontos fortes da Semana de Teologia?
Prof. Cláudio: O primeiro ponto forte foi a presença do Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, quando ele nos falava que não há motivo para esta separação entre teologia e espiritualidade. Teologia e espiritualidade têm que andar sempre juntas. O segundo ponto alto foi a conferência da professora da PUC-Rio, Maria Clara Bingemer, quando ela disse dos místicos do Século XX. Um tempo bem mais próximo de nós. Ela elencou quatro grandes místicos e, depois o professor Newton Darwin, acrescentou um quinto, que é Dom Helder Câmara. Vou elencar um terceiro ponto positivo que foram as oficinas na tarde desta quinta-feira (20), foram quatro oficinas, cada uma com mais de 35 participantes.

Professor Degislando Nóbrega, Diretor do Centro de Teologia e Ciências Humanas, CTCH.
B.U.: Que balanço o senhor faz da Semana de Teologia 2010?
Professor Degislando: Nessa Semana de Teologia, a primeira novidade que temos é a realidade do curso de Teologia à tarde congregando os seminaristas de quatro dioceses. Então, temos um público maior, temos uma participação da comunidade. Eu acho que o balanço é muito positivo. Acho que a Teologia está ficando na ordem do dia. Outro acontecimento positivo foi o lançamento do Instituto Humanitas da Unicap. O Humanitas é uma bênção, eu diria, na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e transbordou, encontrando ecos aqui na Unicap, com a boa vontade do Reitor, Padre Pedro Rubens, que tem bastante sensibilidade para as problemáticas e agendas que o Humanitas da Unisinos tem colocado. E a gente aqui vai fazer um eco, autônomo, mas em conexão com a Unisinos. Eu vejo como um passo muito importante e há muito tempo que o Humanitas Unicap é um sonho e agora está se tornando realidade, sob a liderança de Padre Lúcio Flávio, que vem de um campo bastante fronteiriço, que é da bioética, que é próprio do Humanitas enfrentar essas temáticas fronteiras na sociedade e na Igreja. Pra mim, vai ser uma alavancada na catalisação da produção de conhecimento e transmissão, a partir da identidade de uma Instituição Jesuíta no Nordeste.

Marcelo Santana Júnior, Aluno de Teologia e seminarista da Arquidiocese de Olinda e Recife.
B.U.: Marcelo, como foi a Semana de Teologia para você?
Marcelo: A cada ano a Semana tem crescido e este ano nós percebemos que há um envolvimento bem maior pela integração da Arquidiocese e da Universidade Católica. Nós percebemos que há um enriquecimento muito grande tanto para a Unicap como para os fiéis da Arquidiocese, e para todos aqueles que se congregam em torno do estudo da Teologia.

Aline Ramos, Paroquiana do Vasco da Gama, coordenada pelo Padre Amaurilho Machado.
B.U.: Como você soube da Semana de Teologia?
Aline: Soube por meio de um amigo que é seminarista e estuda Teologia aqui na Unicap. Eu achei a Semana bem específica. Com certeza, eu aprendi muitas coisas, principalmente nas oficinas aplicadas. Coisas que eu posso aplicar, como sou catequista, e posso repassar esse ensinamento. Eu gostei muito da palestra desta quinta-feira (20), de Maria Clara Bingemer, por causa do vasto conhecimento que ela possui sobre mística, coisas que eu nunca tinha ouvido falar.

Antônio Duarte, Aluno de Teologia e membro da Diocese de Afogados da Ingazeira-PE.
B.U.: Como foi a Semana de Teologia para você?
Antônio: No primeiro momento é interessante porque sempre é um momento de parada para refletir sobre um tema específico, que neste ano tivemos ‘por uma teologia espiritual e por uma espiritualidade teológica’. Então no primeiro momento é de reflexão. Parar para ver o que está acontecendo, se na verdade o curso e a nossa teologia está realmente sendo espiritualizada. Além de teoria, e, principalmente, a prática.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!