27 de jan de 2010

PUBLIQUE NOS LUTERANOS

.
O periódico Estudos Teológicos (PPG-EST) promove chamada para recebimento de artigos para o primeiro número de 2010. Estudos Teológicos publica artigos de professores e pesquisadores de notório saber nas áreas de Teologia, Ciências da Religião, Filosofia e ciências afins. Os temas para o respectivo número são livres. O prazo para envio de artigos é 15 de março de 2010.

Normas para publicação de artigos na revista Estudos Teológicos
Os textos enviados para a apreciação do Conselho Editorial da revista Estudos Teológicos são de inteira responsabilidade de seus autores/suas autoras e devem seguir as seguintes normas:
1. O texto impresso e o respectivo arquivo eletrônico são enviados ao editor:
Faculdades EST
Revista Estudos Teológicos
a/c Dr. Wilhelm Wachholz
Caixa Postal 14
93001-970 São Leopoldo/RS
Correspondência eletrônica: wachholz@est.edu.br
2. O texto deve ser digitado na fonte Times New Roman, tamanho 12, com todas as margens com 2,5 cm, com espaço de 1,5 entre as linhas e com alinhamento justificado.
3. A primeira página deve conter o título do artigo e o nome do autor, identificado, em nota de rodapé, por sua respectiva qualificação: titulação, cargo, instituição e localidade, fazendo constar também contato (e-mail).
4. A seguir, consta um resumo de, no máximo, 10 linhas em português e inglês, com indicação de três a quatro palavras-chave, também em português e inglês.
5. Citações literais, de até três linhas, aparecem entre aspas, em tamanho normal, dentro do texto. Citações longas (com mais de três linhas) apresentam-se a 4 cm da margem esquerda, em espaço interlinear simples, letra em corpo menor (tamanho 10) e sem aspas.
6. As referências bibliográficas devem constar em nota de rodapé (a referência completa; em caso de repetição de uma obra já referenciada, devem constar o autor, a data e a página) e ao final do artigo (as referências completas, em ordem alfabética), de acordo com as normas da ABNT. Exemplos:
6.1 Livro:
THEISSEN, Gerd. Sociologia do movimento de Jesus. 2. ed. São Leopoldo: Sinodal, 1997.
6.2 Artigo de revista ou periódico:
ZILLES, Urbano. Deus na experiência transcendental. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 32, n. 135, p. 3-20, mar. 2002.
6.3 Documento eletrônico
BOBSIN, Oneide. Luteranos na ética protestante. Protestantismo em Revista, v. 4, n. 1, jan./abr. 2005. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2007.
6.4 Capítulo ou parte de obra coletiva:
COMBLIN, José. Nós e os outros. In: SUESS, Paulo (Org.). Os confins do mundo no meio de nós. São Paulo: Paulinas, 2000. p. 113-133.
7. Ilustrações, tabelas e outros materiais gráficos devem ser acompanhados da especificação de sua fonte e da permissão para reprodução, quando for o caso.
8. Caracteres não-latinos (gregos, hebraicos, árabes etc.) podem ser transliterados. Não sendo esse o caso, solicita-se o envio das respectivas fontes dos originais. Textos em outras línguas são traduzidos no corpo do artigo (mencionando o nome do tradutor), com o texto original em nota de rodapé, em itálico, quando útil.
9. O tamanho dos artigos não deve exceder 15 páginas, salvo especificação diferenciada fornecida pelo editor.
10. O envio de artigo implica automaticamente a cessão dos direitos autorais a Estudos Teológicos, que não se obriga a devolver os originais das colaborações examinadas e revisadas. Estudos Teológicos reserva-se todos os direitos autorais dos artigos publicados, inclusive artigos traduzidos, contudo, mediante solicitação, pode autorizar sua posterior reprodução desde que citada a fonte. Pela cessão do direito autoral, os autores e as autoras recebem dois exemplares; autores e autoras de resenhas recebem um exemplar do respectivo número.
11. Artigos não enquadrados nas normas de apresentação especificadas serão devolvidos para posterior adequação pelos seus autores e autoras.
12. Os artigos publicados em Estudos Teológicos, no que diz respeito ao conteúdo, correção lingüística e estilo, são de total responsabilidade dos respectivos autores e autoras.

Leia aqui o último número da Revista da EST,
 que trata da teologia luterana. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!