3 de set de 2009

PLURALIDADE RELIGIOSA NA MOSTRA DE CINEMA



Por Tércio Amaral, no Boletim Unicap
“É uma mostra ecumênica, sem preconceitos, atenta às manifestações religiosas”, assim definiu o curador da Mostra de Cinema & Religião, César Sartorelli, a respeito da proposta do evento, que acontece na Católica até esta quinta-feira (3). A exibição do filme Filho de Maria, de Harnid Jebelli, nesta terça-feira (1), marcou a solenidade de abertura de uma programação especial de 13 produções cinematográficas. O evento aconteceu na sala de multiuso do 3º andar do Bloco G4. A história de Rahman, um menino cantor de uma mesquita que desenvolve uma amizade com o padre de uma igreja cristã é enredo central de Filhos de Maria. O filme contou com a presença dos professores do curso de Jornalismo Alexandre Figueiroa, Aline Grego e Cláudio Bezerra. Como pesquisador de produções na área do audiovisual, Cláudio Bezerra destacou a importância de exibições como essa na universidade. “A Mostra tem formas alternativas de aprendizado. E o cinema é um dos caminhos mais atraentes para os dias atuais. Inclusive, para temas difíceis de serem assimilados, como os filosóficos”, afirmou.
César Sartorelli destacou o compromisso da pluralidade e o olhar humano sobre os fenômenos religiosos. “O principio de toda religião é melhorar a vida das pessoas. É assim que pensamos a Mostra, crescer junto com o progresso humano”, salientou. Questionado sobre esse sentido, ele advertiu que existem erros cometidos por pessoas que fazem parte de grupos religiosos. “Os desvios de comportamento são humanos, é questão de caráter. Tem ou não tem”, defendeu.
A Mostra de Cinema & Religião surgiu em 2003, quando César Sartorelli era coordenador de eventos do Centro Cultural da cidade de São Paulo. Ele lembra que, ao concluir o Mestrado em Ciências da Religião, levou a experiência para a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Mas, foi a partir de 2007 que a exibição ganhou o caráter itinerante, passando por cidades como Trento, na Itália, e Deca, capital de Blangadesh, na Ásia.


A propósito, você conhece este infográfico sobre a História das Religiões? Clique aí no play e veja a trajetória de cinco mil anos de religiões em noventa segundos... O que pensar dessa história?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!