17 de abr de 2009

D. Luiz receberá Prêmio Kant de Cidadão do Mundo


Vários grupos na UNICAP promoveram eventos para discutir a questão das águas no Nordeste e para solidarizar-se com os protestos contra a transposição apressada do São Francisco. Agora, após o recebimento do prêmio Pax Christi, em outubro de 2008, o bispo da Diocese nordestina da Barra, D. Luiz Cappio, que encarnou essa luta pela defesa do rio e dos ribeirinhos, será homenageado mais uma vez. No dia 9 de maio, D. Cappio receberá na cidade de Freiburg, na Alemanha, o Prêmio Kant de Cidadão do Mundo, dado pela Fundação que homenageia o filósofo.

Essa é a terceira edição do prêmio, oferecido a personalidades que se destacam pelo engajamento corajoso na defesa de grupos sociais marginalizados politicamente e socialmente, a favor dos direitos humanos e em defesa das bases sociais, naturais e culturais da vida. Idéias inspiradas na filosofia moral de Immanuel Kant. O evento homenageará também Jeff Halper, professor de antropologia e ativista de direitos humanos, que protestou contra a destruição de casas de palestinos na Faixa de Gaza, e terá a presença de Richard Falk, relator especial das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

Além do prêmio, a viagem de D. Cappio a Europa inclui uma agenda extensa de visitas e encontros que terão como principal objetivo retomar o debate sobre a transposição do rio São Francisco na Europa e o apoio solidário à luta em defesa do rio São Francisco e do Semi-árido brasileiro. A programação inclui encontros com políticos, tomadores de decisão, representantes religiosos e a sociedade civil organizada, que na ocasião do jejum de D. Luiz Cappio, em 2007, apoiou maciçamente o bispo através do envio de cartas e emails. Na época foram mais de 20.000 manifestações eletrônicas de apoio encaminhadas ao gabinete do Presidente da República do Brasil e ao Ministério da Integração Nacional, órgão do governo responsável pela obra da transposição do rio.

Estão programadas visitas às cidades alemãs de Frankfurt, Berlim, Bonn, Bremen e à cidade austríaca de Graz, juntamente com uma visita ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, na cidade francesa de Strassbourg. A agenda inclui também a participação, no dia 21 de maio, no 32º Kirchentag, o mais importante evento religioso em solo alemão. Promovido pela Igreja Luterana, o encontro ecumênico é conhecido por ser um movimento livre de pessoas cristãs que, a partir de uma visão crítica, estão engajadas na construção do futuro da Igreja e do mundo. Na sua última edição, em 2008, mais de 200.000 pessoas participaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação!